Clorofila: as muitas VIRTUDES, Propriedades, Contraindicações e Como Consumir

  • atualizado: 
clorofila

Muitas pessoas já ouviram falar dela, principalmente, nas aulas de Biologia, mas sua importância vai além de ser tópico da escola. A clorofila é uma substância presente nos vegetais, que dá a pigmentação verde a eles. Essa substância pigmentar ajuda na fotossíntese das plantas, sendo responsável pela absorção da luz, que se transforma em energia nas reações fotossintéticas.

Todos os vegetais de cor verde têm clorofila, principalmente espinafre, couve, alface, brócolis, couve de Bruxelas, chá verde, entre outros.

A clorofila é tão benéfica para a saúde que muitos a chamam de “sangue verde”, isso por que a sua estrutura molecular dela é muito similar a da hemoglobina, o que as diferencia é que a clorofila possui íon de magnésio e a hemoglobina, ferro.

A lista de benefícios nutricionais dessa substância vai muito longe. Confira agora os principais deles, bem como as propriedades, contraindicações e como consumir.

Benefícios da clorofila

1. É boa para o sangue

Por ser rica em fibras, a clorofila atua controlando os níves de açúcar no sangue, o que pode prevenir o aparecimento de diabetes, e até mesmo ajuda no controle desta.

As propriedades nutricionais dessa substância fazem dela também um excelente regulador dos níveis de gordura nas artérias, prevenindo o colesterol alto. O ferro presente na clorofila ajuda a evitar doenças, como a anemia.

2. Melhora o trânsito intestinal

A alta quantidade de fibras atua também fazendo uma verdadeira faxina no organismo, e facilitando a digestão, promovendo ainda a sensação de saciedade, espaçando os episódios de fome.

3. Fortalece o sistema imunológico

A clorofila é um alcalinizador do sangue e oxigena as células, isso significa que atua tornando o organismo mais forte e resistente a doenças, que preferem sempre ambientes ácidos e se beneficiam da falta de oxidação celular.

4. Previne doenças

Além de atuar fortalecendo o sistema imunológico, a clorofila pode ajudar a evitar a manifestação de diversos tipos de cânceres, inibindo a progressão de tumores, e reduzindo a oxidação das células, que tornam o ambiente favorável para tais doenças. Existem estudos da Universidade de Oxford a esse respeito. Uma outra pesquisa da Universidade Estadual Londrina mostra ainda que a clorofila pode ser um poderoso antiviral.

5. Combate o mau hálito

A clorofila é também um potente desodorizador, e pode ser utilizada como prevenção da halitose. Ao atuar melhorando o funcionamento digestivo, a substância potencializa ainda mais os efeitos sobre a saúde bucal.

setaLeia mais: MAU HÁLITO: 10 REMÉDIOS NATURAIS EFICAZES

6. Desintoxica o organismo

A substância possui uma série de propriedades antioxidantes, auxiliando no combate aos radicais livres, que atuam de modo nocivo no organismo, facilitando o aparecimento de doenças.

7. É um anti-inflamatório natural

Estudo realizado pela American Chemical Society apontou a clorofila como uma substância importante para fortalecer a ação dos linfócitos no combate aos danos oxidativos.

8. Protege o cérebro

O magnésio é um nutriente essencial para o sistema nervoso. Tendo em vista que a clorofila possui um alto teor dessa substância, ela torna-se um importante aliado da saúde cerebral.

9. Protege o fígado

O poder antioxidante da clorofila atua também purificando e fortalecendo o fígado e evitando doenças, tais como a hepatite.

10. Fortalece ossos e músculos

O magnésio, cálcio e vitamina D são essenciais para a saúde dos ossos, bem como das funções musculares, como contração e relaxamento. Por esse motivo a clorofila é um importante aliado da saúde dos ossos e músculos.

Propriedades da Clorofila

Tantos benefícios vem da grande quantidade de nutrientes presentes na clorofila, tais como as vitaminas A, B, C, E e K.

Ela contém mais de cem nutrientes, todos os minerais, 17 tipos de aminoácidos e 7 enzimas antioxidantes. Alguns deles são o magnésio, o cálcio, o zinco e as proteínas. A clorofila é também rica em fibras.

Contraindicações da Clorofila

Por ser um alimento natural, a clorofila quase não possui contraindicações. É necessário apenas dosar seu consumo, pois o excesso pode provocar eliminação excessiva de toxinas, causando vômitos e diarreias.

Pessoas com insuficiência renal devem evitar também por causa do risco de atrapalhar ainda mais o processo de filtração.

Como consumir – Aprenda a fazer o suco de clorofila

O suco de clorofila é um dos mais conhecidos e deve fazer sempre parte do cardápio pela sua riqueza nutricional. A receita da chef Ana Tomazzoni leva couve, limão, maracujá (ou maçã), açúcar (ou adoçante) e água. Confira:

Leia mais sobre Alimentação e Saúde:

setaCEBOLA ROXA, A INIMIGA DO CÂNCER DE CÓLON E DE MAMA

setaTUDO SOBRE ALERGIA ALIMENTAR → TIPOS, SINTOMAS E TRATAMENTOS

setaO ARCO-ÍRIS DAS FRUTAS E VERDURAS: PROPRIEDADES ALIMENTÍCIAS COM BASE NAS CORES DOS ALIMENTOS