Pipoca: o lanche ideal

Pipoca

Você sabia da boa reputação da pipoca como um petisco que é benéfico para a saúde? Pois é, essa querida merenda ganha, a cada dia mais, investigações científicas que atestam seus benefícios, que passam, inclusive, por ótimos efeitos antioxidantes.

Essas substâncias super positivas ao organismo, se chamam polifenois e, no caso das pipocas, estão em concentração ainda superior à verificada em frutas e vegetais. Segundo estudos científicos, os polifenois estão diluídos em 90% de água, no caso de vegetais e frutas e apenas em 4%, para a pipoca. Outros bons elementos em abundância na pipoca são: ácido fólico – ótima substância para problemas cardiovasculares e tratamento de anemias – , bem como magnésio e vitaminas B1 e B2.

Sabe aquele milho da pipoca que não estoura, o piruá, que todo mundo detesta, pois fica preso no dente? Pois é, goste mais dele, afinal, a concentração mais intensa de polifenois – bem como fibras – está exatamente nesta parte do alimento.

Com isso, muitos especialistas em nutrição começaram a afirmar: a pipoca é o lanche perfeito! Afinal, os grãos, quando processados, tendem a perder boa parte de seus nutrientes; mas como a pipoca é composta, totalmente, por grãos não-processados, seus benefícios são ainda mais potencializados. Uma porção de pipoca – de 20 gramas – garante mais de 70% da ingestão diária de grãos integrais.

É importante destacar que, em média, todo indivíduo ingere somente 50% das necessidades diárias de grãos. A pipoca pode entrar nesta lacuna, complementando as necessidades nutricionais com muito prazer e sabor.

Mas, é claro: é necessário ter atenção ao preparo desse petisco. As tradicionais quantidades enormes de sal, manteiga, ou açúcar e outros, são capazes de tornar a pipoca um verdadeiro pesadelo, carregado de gordura e calorias. Dê preferência à pipoca estourada com auxílio do ar quente. Tente não optar por pipocas de micro-ondas, porque são compostas por 43% de gorduras, péssimas para o funcionamento do organismo.

Leia também: O micro-ondas faz mal à saúde?

Coma pipoca, sim, mas tenha atenção ao preparo e desfrute de seus enormes benefícios, acrescentando pequenas porções do alimento em sua rotina diária de nutrição, você só tem a ganhar!