©Pixabay

Mudança climática pela 1ª vez é diagnóstico de doença

Mudança climática pela 1ª vez é diagnóstico de doença

Eventos climáticos extremos, derretimentos das camadas polares com consequente aumento do nível dos mares, poluição de todo tipo: ar, água e solo, secas, incêndios…. a listas dos efeitos da mudança climática no planeta não tem fim, mas e quanto às pessoas?

Pela primeira vez, um diagnóstico médico aponta a mudança climática como causa da  doença.

No Canadá, o médico Kyle Merritt, que trabalha na emergência de um hospital na Columbia Britânica, atendeu uma paciente de 70 anos de idade, que apresentava dificuldades respiratórias, surgidas após uma intensa onda de calor, sem precedentes históricos, que acometeu o país.

O diagnóstico médico foi de mudança climática, depois que centenas de pessoas vieram a falecer naquele país, em decorrência da exposição à temperaturas maiores que  50°C.

Os legistas da região apontaram que a causa de mortes em 570 pessoas decorreu do aumento repentino das temperaturas locais.

O que o médico levou em consideração em seu diagnóstico

Conforme disse o médico que atendeu a paciente, é preciso mudar a abordagem da avaliação das doenças nos tempos atuais.

A identificação das causas subjacentes deve ser considerada, caso contrário ao se tratar apenas os sintomas não será possível atuar nas soluções dos fatores de riscos e estaremos perdendo essa guerra.

Com intensos incêndios na região, a qualidade do ar ficou bastante comprometida, afetando a respiração de centenas de habitantes no local.

Na verdade, não é de hoje que estamos vivendo em um planeta insalubre que, por causa das suas condições ambientais estamos nos adoecendo sempre e cada vez mais: é infertilidade, é obesidade, é doença respiratória, é pandemia.

A pandemia Covid-19, inclusive, muitos cientistas são claros em dizer que foi causada por causas ambientais.

Só não vê quem não quer. Que mais médicos passem a diagnosticar mudança climatica como causa mortis e causa de doença. Só assim a crise climática poderá ser tratada com a urgência que merece.

Talvez te interesse ler também:

Hipócritas: tratem a crise climática como tratam a crise coronavírus

Pesquisa relaciona anormalidades reprodutivas, defeitos congênitos e infertilidade masculina ao uso do plástico

Coronavírus: Alerta Ambiental. Filme mostra como o homem causou a pandemia. Assista!

Poluição maior, pênis menor: apontam estudos

Relatório sobre clima global alerta para extinção da humanidade

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *