Inteligência Artificial detecta Alzheimer em 5 minutos

Inteligência Artificial detecta Alzheimer em 5 minutos

Os avanços tecnológicos têm permitido diversos recursos para facilitar a vida das pessoas. Nas áreas da pesquisa científica, principalmente da saúde, as inovações têm possibilitado condições fundamentais para o bem-estar da humanidade.

Agora, o uso da Inteligência Artificial está provocando uma verdadeira revolução na identificação, prevenção e tratamento das doenças, possibilitando diagnósticos precoces que podem, se não salvar, diminuir muito os danos causados pelas doenças.

Um exemplo disso é a demência, especialmente o Mal de Alzheimer.

O impacto da demência nas pessoas

Conforme dados da OMS – Organização Mundial da Saúde – existem no planeta cerca de 55 milhões de pessoas que são afetadas pela demência no planeta e, conforme estimativas, em 2050 esse número deve chegar a 139 milhões de pessoas.

A demência causa a deterioração de funções como a memória e o aprendizado, sendo que o Alzheimer é responsável por até 70% dos casos.

Uma nova esperança de diagnosticar a demência

Pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, desenvolveram junto à empresa Cognetivity Neurosciences, que vem trabalhando com recursos de Inteligência Artificial para identificar a doença, um teste que na consiste na avaliação que fazemos quando vemos um animal e o descrevemos como tal.

O teste foi desenvolvido com base em milhões de anos de evolução humana e está sendo aplicado para verificar a cognição dos pacientes expostos a fotos de animais, nem sempre tão óbvias, para a identificação de qual animal se trata.

A tecnologia consegue estabelecer a partir das reações da pessoa, se ela está reconhecendo o animal ou se está havendo um declínio cognitivo em seu cérebro.

O teste em apenas cinco minutos oferece a possibilidade de se iniciar um tratamento em tempo de evitar maiores danos causados pela demência.

A empresa já tem autorização da agência sanitária dos Estados Unidos, a Food and Drug Administration (FDA), para a comercialização do teste.

Talvez te interese ler também:

Camapu: a planta que ajuda na recuperação de Alzheimer e Parkinson

Manjericão pode ser uma proteção contra Alzheimer, afirma estudo

Se você dirige dessa maneira, você pode ter começo de Alzheimer

Bailarina com Alzheimer dança O Lago dos Cisnes. Vídeo emocionante viraliza

Cúrcuma melhora o humor e a memória, inclusive em pacientes com Alzheimer

Emma Yang, 14 anos, cria um App para melhorar a vida de pessoas com Alzheimer

Intestino tem a ver com humor, demência, Alzheimer, autismo e outras doenças

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *