Estudo mostra que crianças herdam a maior parte dos genes das avós maternas

  • atualizado: 
avó e neta

Muitas vezes os pais olham para os filhos e reconhecem traços, características emocionais e até padrões de comportamento que lembram muito os das suas próprias mães.

Pois existe uma teoria de que as avós maternas são as maiores responsáveis pelas heranças genéticas. Ou seja, a desconfiança de que a criança “lembra” a avó pode ter embasamento científico.

O ensaísta chileno Alejandro Jodorowsky é o pesquisador por trás dessa teoria. Ele é o autor do livro Metagenealogía: el árbol genealógico como arte, terapia y búsqueda del yo esencial (ainda sem tradução em português), que explica essa influência genética entre netos e avós.

Segundo o autor, os genes podem pular gerações, por isso ao invés de serem passados para os filhos, vão para os netos. Pesquisadores da Universidade de Cambridge fizeram um estudo sobre esse tema, que mostrou que essa relação genética tem relação com o cromossomo X. Nesse sentido, as avós maternas transmitem 25% desses cromossomos X para todo os netos. Já as avós paternas só transmitem os cromossomos X para as netas.

A herança genética pode estar em características físicas: como uma marca de nascença, mas também no temperamento, nos gostos, estrutura óssea, doenças genéticas e até mesmo experiências emocionais, que podem estar gravadas no DNA e aparecerem nos netos.

E você acha que essa teoria faz sentido?

Talvez te interesse ler também:

OS AVÓS NA CONSTRUÇÃO DE UMA HUMANIDADE MAIS COMPETENTE

A IMPORTÂNCIA DAS AVÓS NA FAMÍLIA E NO CRESCIMENTO DAS CRIANÇAS

10 BONS HÁBITOS QUE DEVEMOS APRENDER COM NOSSOS AVÓS

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!