A ciência explica por que a avó materna é tão especial para os netos

A ciência explica por que a avó materna é tão especial para os netos

Dizem por aí que as avós maternas são mais especiais para os netos do que as avós paternas. Vários estudos confirmam a suspeita popular, incluindo um conduzido por Karen Fingerman, professora de desenvolvimento humano e ciências da família na Universidade do Texas. Segundo a pesquisa realizada por ela, mães e filhas se sentem mais próximas umas das outras do que mães e filhos ou pais ou filhas.

Precisamente por causa da força desse vínculo, os filhos teriam um relacionamento mais caloroso com os avós maternos, conforme sublinhado por um estudo posterior focado na chamada “vantagem matrilinear” nas relações entre avós e netos.

Além disso, de acordo com Fingerman, a relação entre nora e sogros também influencia mais o vínculo com seus filhos do que a relação entre genro e sogros. Algo que se revela especialmente no vínculo estabelecido entre netos e avós paternos, influenciando-os positiva ou negativamente, dependendo do caso.

Alejandro Jodorowsky também fala do vínculo especial entre avó materna e netos, o qual seria escrito diretamente no DNA: a mãe da mãe exerceria sobre nós uma influência emocional maior no nível genético. Segundo o ensaísta e artista chileno, autor do livro “Metagenealogy: Self-Discovery through Psychomagic and the Family Tree” (ainda não traduzido para o português), as emoções vivenciadas pelas avós na gravidez são transmitidas às filhas e, a partir delas, aos netos. O que não acontece com o pai, motivo pelo qual os avós paternos estariam menos emocionalmente conectados aos netos, uma teoria que, todavia, não se fundamenta em bases científicas.

Por fim, comparando os estudos citados, parece que o vínculo entre a avó materna e os netos é mais forte devido ao maior vínculo que geralmente existe entre as mães, em comparação àquele entre um pai e seus genitores, não tão íntimo.

No entanto, é claro que muito depende do tipo de vínculo familiar, do bom ou do mau relacionamento entre avós e genros ou noras, bem como de toda uma série de dinâmicas que mudam de família para família.

Talvez te interesse ler também:

ESTUDO MOSTRA QUE CRIANÇAS HERDAM A MAIOR PARTE DOS GENES DAS AVÓS MATERNAS

OS AVÓS NA CONSTRUÇÃO DE UMA HUMANIDADE MAIS COMPETENTE

A IMPORTÂNCIA DAS AVÓS NA FAMÍLIA E NO CRESCIMENTO DAS CRIANÇAS

Fonte imagem: Carmen Mok, Grandmother’s visit

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *