Bebidas açucaradas aumentam o risco de morte prematura, especialmente em mulheres

  • atualizado: 
Bebidas doces

O consumo frequente e a longo prazo de bebidas açucaradas, como bebidas "energéticas" ou sucos de frutas, está associado a um aumento do risco de morte prematura por doenças cardiovasculares e, embora em menor escala, ao câncer. E o risco diz respeito à todas as mulheres.

De acordo com uma nova pesquisa, comparando mulheres que bebiam bebidas açucaradas menos de uma vez por mês, àquelas que haviam ingerido mais de duas porções por dia, observou-se um risco aumentado em 63% das mortes prematuras. Homens que seguiram as mesmas porções, tiveram um aumento de 29% no risco.

Aqueles que consumiram mais de uma bebida açucarada por mês, mas menos de duas por dia, pareceram ter um efeito que os pesquisadores norte-americanos chamam de dose effect: efeito dose, quanto mais você bebe, maior o risco. Uma associação que permaneceu verdadeira quando os pesquisadores também consideraram fatores como estilo de vida, incluindo fatores alimentares e atividade física, dados demográficos e histórico familiar de diabetes tipo 2.

"Estudos anteriores mostraram fortes laços entre o consumo de bebidas açucaradas e ganho de peso corporal, diabetes tipo 2 e outras condições cardiometabólicas, como doenças cardíacas e derrames", explica o autor principal, Vasanti Malik.

O passo sucessivo, diz Malik, foi examinar como as bebidas açucaradas se referem ao risco de morte prematura.

O estudo

Os pesquisadores usaram dados de 37.716 homens norte-americanos no estudo de follow-up Health Professionals iniciado em 1986, e 80.647 mulheres no Nurses' Health Study, iniciado em 1976. Os resultados são uma média dos estudos realizados em 1994.

A principal causa de morte prematura na pesquisa foi doença cardiovascular, seguida por câncer, principalmente do cólon e de mama. No geral, foi constatado que o consumo de bebidas açucaradas aumentava o risco de morte prematura por doença cardiovascular em 31% e de câncer em 18% quando o grupo que bebeu mais duas bebidas doces por dia foi comparado ao grupo que tinha bebido menos de uma por mês.

Os pesquisadores também examinaram os efeitos das bebidas adoçadas artificialmente e concluíram que substituir uma bebida açucarada por dia, por uma adoçada artificialmente, reduzia o risco de morte prematura. Mas, beber quatro ou mais bebidas adoçadas artificialmente aumentava do mesmo jeito o risco de morte prematura por doença cardiovascular em mulheres. O mesmo efeito não foi observado nos homens.

Um outro estudo publicado no mês passado na Women's Health Initiative descobriu uma associação entre beber duas ou mais bebidas adoçadas artificialmente por dia e um aumento do risco de derrame, ataques cardíacos e mortes prematuras em mulheres com mais de 50 anos.

Em suma, ambos os estudos indicam uma ligação entre bebidas açucaradas com o risco de morte para as mulheres.

No entanto, já sabíamos que esse tipo de bebida, seja refrigerante, energéticos, sucos e outros, certamente não são aliados da nossa saúde. Altos níveis de açúcar não apenas contribuem para o sobrepeso e a obesidade, mas também aumentam as chances de desenvolver diabetes e síndrome metabólica, uma série de condições que aumentam o risco de doenças cardíacas.

E então, você vai continuar bebendo sucos de caixinha, refrigerantes, chás industrializados e outras doçuras várias?

Talvez te interesse ler também:

AÇÚCAR É COMO ÁLCOOL PARA CRIANÇAS: DANIFICA O FÍGADO E O CÉREBRO DELAS

META DE REDUÇÃO DE AÇÚCAR NO BRASIL PASSA A VIGORAR A PARTIR DE 2020

SUGAR TAX: EM VIGOR NO REINO UNIDO O IMPOSTO SOBRE AS BEBIDAS AÇUCARADAS

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!