Comer chocolate amargo melhora a circulação e ajuda a prevenir obesidade e diabetes

chocolate amargo melhora a circulação

Parece que são infinitos os benefícios do chocolate para a saúde ​​e para o humor. Chocolate amargo, porém.

Duas novas pesquisas, uma italiana e outra americana, trazem ainda mais detalhes para esta confirmação: os polifenóis do cacau ajudam na circulação sanguínea, o que contribui para que as pernas tenham movimentos mais ágeis. Além disso, quem come chocolate amargo tem uma maior capacidade de manter o peso sob controle e se prevenir da obesidade e diabetes.

A primeira pesquisa, publicada no Journal of the American Heart Association, foi realizada no Departamento de Medicina Interna da Universidade La Sapienza. A amostra de indivíduos analisados ​​(todos entre 60 e 78 anos que sofrem de doença arterial periférica) foi dividida em 3 grupos: o primeiro consumiu chocolate amargo com 85% de cacau; o segundo consumiu chocolate ao leite e o terceiro não comeu nenhum tipo de chocolate.

No final do experimento constatou-se que as pessoas que fizeram parte do primeiro grupo, tiveram a circulação melhorada e se movimentaram mais rapidamente do que os outros, com um ganho médio de mais de 17 metros em cada caminhada.

Leve em consideração que a doença arterial periférica é um distúrbio que afeta a circulação sanguínea nas pernas e limita muito a capacidade motora daqueles que com ela sofrem. Por isso, os resultados obtidos com o simples chocolate amargo foram consideradas muito interessantes.

O Professor Lorenzo Loffredo, autor da pesquisa, salienta que embora seja necessário aprofundar-se nestes estudos, os benefícios dos polifenóis sobre a circulação sanguínea já podem ser absolutamente confirmados.

As análises mostraram que os níveis de óxido nítrico, que aumentam o fluxo do sangue, foram mais elevados naqueles que comeram chocolate amargo; e a concentração de outros elementos bioquímicos que indicam a presença de estresse oxidativo, foi diminuída. Tal fenômeno não foi observado nas pessoas que comeram o chocolate ao leite.

A segunda pesquisa, realizada no Departamento de Ciência e Tecnologia da Virginia Polytechnic Institute and State University e publicada no Journal of Agricultural and Food Chemistry, mostrou que comer chocolate com moderação pode ajudar a controlar o peso para prevenir a obesidade e evitar o aparecimento de distúrbios metabólicos, tais como o diabetes.

A pesquisa, infelizmente feita em modelos animais, dividiu uma amostra de ratos em seis grupos, onde a cada um deles foi atribuída uma dieta diferente para um período de 12 semanas. As dietas foram mais ou menos compostas de gorduras e enriquecidas por diferentes tipos de flavonóides encontrados no chocolate.

Verificou-se que os ratos que ingeriram uma dieta com 25 mg de cacau por dia para cada quilo de peso corporal, foram aqueles que tiveram os maiores benefícios. De acordo com os pesquisadores, teriam sido, em especial, as procianidinas oligoméricas as responsáveis pela manutenção do peso baixo dos ratos, ajudando-os ainda a aumentarem a tolerância à glicose, fatores que contribuem para a prevenção do diabetes do tipo 2.

No inverno, nada melhor que comer um chocolate. Amargo, por favor!

Leia também:

setaDIABETES: 10 SINTOMAS INICIAIS BASTANTE COMUNS

seta9 MULTINACIONAIS DO CHOCOLATE QUE EXPLORAM CRIANÇAS

Fonte foto: blog.childrensdayton.org