Insônia: 10 coisas que acontecem ao corpo quando NÃO se dorme o suficiente

Insônia

Para acordar repousado pela manhã, dizem, é preciso dormir pelo menos entre 7 e 9 horas, o que pode ser um milagre para algumas pessoas que sofrem de insônia. E isso é um problema de verdade que, a longo prazo, pode trazer sérias consequências para a saúde.

Ninguém deve se esquecer que o sono é fisiologicamente essencial para o bem-estar de todo o corpo e, não bastam apenas 4 ou 5 horas para descansar corpo e mente.

Um neurocientista da University of California di Berkeley, Matthew Walker, tentou explicar algumas das formas surpreendentemente dramáticas que a falta de sono pode causar em nosso corpo. Para muitas pessoas – para os que sofrem de insônia crônica, para os pais de bebês ou para aqueles que devem se levantar cedo para ir ao trabalho – aquelas 8 horas em média recomendadas praticamente não existem. E é aí que as pessoas mergulham de cabeça no café, têm megas bolsas debaixo dos olhos e um humor irascível.

Mas, de acordo com Walker, autor do livro “Why We Sleep“, o impacto deletério da insônia vai muito além do sentir-se cansado e mal-humorado durante o dia.

Aqui vão então as consequências que a insônia pode ter em nossa saúde:

1. A falta de sono impede o cérebro de poder criar novas memórias. Na fase de sono Rem, o cérebro ainda é hiperativo, por isso é capaz de re-elaborar experiências vividas, memorizar os conceitos aprendidos e ativar vários processos cognitivos. Coisas que acontecem menos em casos de insônia.

2. Pouco sono leva a um impulso no desenvolvimento de uma proteína tóxica no cérebro, chamada beta amilóide, que está associada à doença de Alzheimer

3. Dormir por apenas cinco ou seis horas por noite afeta o sistema reprodutivo dos homens, levando-os a ter um nível de testosterona dez anos mais velho.

4. A privação do sono tem um impacto no sistema imunológico anunciando um risco de desenvolver várias formas de câncer.

5. A falta de sono causa um verdadeiro caos no sistema cardiovascular. Em pessoas que sofrem de insônia, na verdade, ocorrem de menos um abrandamento essencial da atividade cardíaca e uma redução natural da pressão arterial.

6. Após uma atividade cerebral contínua de 19 ou 20 horas, a capacidade mental fica tão comprometida que se torna tão deficiente quanto o cérebro de uma pessoa embriagada.

Além disso:

7. Se você não dormir bem ou o suficiente, pode até chegar à depressão. A falta de sono desequilibra a produção de serotonina, um neurotransmissor que regula o humor. De acordo com alguns estudos, uma alteração no equilíbrio sono-vigília, provoca nervosismo, estresse, tensão e antecipa a aparecimento da depressão.

8. A falta de sono também pode ser sinônimo de diminuição da produção de Tsh, o hormônio que estimula a atividade da tireoide, resultando no início do hipotireoidismo.

9. Aqueles que dormem mal ou dormem pouco, são mais propensos a acumular quilos extras. Em casos de insônia, aumentam-se a produção do hormônio grelina, que sinaliza a fome, enquanto a de leptina, que indica a saciedade, diminui.

10. Finalmente, com a insônia, até a saúde ocular também pode ficar comprometida. Durante o sono, o tônus ​​muscular se reduz para permitir que os músculos sejam eficientes e regenerados, isso também serve para os músculos dos olhos.

Com todas essas informações, talvez te interesse ler também:

NO DIA MUNDIAL DO SONO, 7 CONSELHOS PARA DORMIR BEM

INSÔNIA? CONHEÇA AQUI ERVAS QUE VÃO TE AJUDAR A DORMIR MELHOR

É VERDADE! AS MULHERES PRECISAM DORMIR MAIS QUE OS HOMENS

INSÔNIA PODE SER UMA MERA QUESTÃO DE ALIMENTAÇÃO

greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it
Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Instagram
Siga no Facebook