Mais uma vítima de câncer que a Justiça condena JOHNSON & JOHNSON’s a pagar indenização

  • atualizado: 
Talco

O talco é um ingrediente usado em cosméticos e também em produtos para a higiene pessoal que tem sido objeto de muita discussão: ele poderia causar câncer? Embora não haja certeza absoluta, há casos crescentes onde a ligação entre doenças e o uso prolongado deste produto vem sendo estabelecido, especialmente no caso do famoso produto que contém talco.

O exemplo mais recente é o de câncer de ovário diagnosticado em Lois Slemp aos 62 anos de idade e coligado pelos juízes ao uso do talco para bebês da Johnson & Johnson’s. O valor da indenização estipulado pela justiça foi de 110,5 milhões de dólares.

Mas um outro caso parecido ocorreu em 2016

Leia mais: JOHNSON&JOHNSON PAGA US$ 72 MI POR LIGAÇÃO ENTRE TALCO E CÂNCER DE OVÁRIO

O talco é cancerígeno? O caso de Lois Slemp

Infelizmente, Lois está em um estágio avançado da doença e não pode estar presente no julgamento, nem falar com a imprensa sobre esta sua pequena vitória, por trás da qual no entanto, emerge uma grande batalha judicial contra a multinacional.

Em um vídeo, no entanto, Lois declarou: “eu confiei na Johnson & Johnson’s. Um erro grave". Por 40 anos, esta senhora polvilhou em seu corpo o pó vendido pela empresa, como todos sabemos, uma substância controversa. O câncer, neste caso, foi diagnosticado em 2012 e se espalhou rapidamente.

Talco em pó e câncer: as alegações contra a Johnson & Johnson’s

Este não é o único caso em que a empresa é acusada de causar danos por conta das substâncias contidas em seus produtos vendidos no mercado há anos. No total, a empresa já foi forçada a pagar 197 milhões de dólares como resultado de queixas semelhantes às que acabamos de mencionar, e existem, apenas nos EUA, algo em torno de 2.000 denúncias, submetidas em vários tribunais. O objeto das ações é sempre o mesmo: o pó de talco e os seus efeitos na saúde humana.

Os estudos confirmam a relação do câncer com o uso do talco?

Multiplicam-se as análises e os estudos que buscam compreender quão profundo pode ser o elo entre o uso prolongado de pó de talco e câncer. Por exemplo, no ano passado, um estudo feito com uma amostra de mulheres afro-americanas mostrou que quando o pó entra em contato com os órgãos genitais pode gerar um aumento de 44% do risco de haver câncer de ovário.

Da mesma forma, em 2013 no Brigham and Women's Hospital em Boston, chegou-se a comprovar que as partículas de pó aplicadas nas áreas dos genitais migram no corpo da mulher e podem provocar inflamação que permite às células cancerosas de florescerem.

Por que, então, o talco ainda não é proibido?

Os “benefícios” do talco são bem conhecidos: a sua capacidade de absorção determinou seu sucesso e ele é usado na indústria de cosméticos desde 1800. Mas a maioria das empresas e grupos de peritos o consideram seguro apesar das queixas e dos casos de efeitos negativos sobre a saúde humana.

A Agência Internacional para Pesquisa sobre o Câncer afirma que o talco é um agente cancerígeno em potencial, enquanto o Environmental Working Group classifica o risco do talco para bebês como moderado.

Mas algo está mudando graças à vitória de consumidores individuais em processos como o da Sra. Slemp e, passo a passo, considerando que produtos como o talco vendido pela Johnson & Johnson’s não são essenciais, as empresas estão se tomando uma estrada diferente: embora tradicionalmente tenham utilizado ingredientes econômicos, sem que ninguém se importasse com seus efeitos a longo prazo, o consumidor agora exige mais clareza, informações precisas e transparentes nos rótulos e uma reformulação quase que completa dos produtos, preferindo cada vez mais os produtos naturais.

Mas não só a Johnson & Johnson’s vende talco

De olho no rótulo, a substância talco pode ser usada em diversos cosméticos, inclusive e mormente em talcos para bebês. Mesmo que o rótulo diga que o produto é feito de ingrediente natural (por exemplo o amido de milho ou de arroz), leia o rótulo e se tiver escrito "talco" descarte o produto.

Talcos também são usados em produtos para os pés para chulés e medicamentos para tratar pé-de-atleta.

O que é talco

O talco é um mineral filossilicato que ocorre em rochas ultrabásicas como a pedra-sabão, por exemplo. Sua toxidade não está apenas relacionada aos casos de câncer de ovário. Doenças pulmonares e câncer de pulmão podem acometer pessoas que trabalham por períodos prolongados com talco (artesãos, mineradores) que estão sujeitos à inalação do pó da pedra-sabão.

Leia mais sobre saúde e bem-estar:

CHULÉ: VEJA AQUI 5 REMÉDIOS CASEIROS

OS INGREDIENTES MAIS TÓXICOS PRESENTES NOS COSMÉTICOS

MICOSE NAS UNHAS: POR QUE OCORRE E QUAIS REMÉDIOS NATURAIS USAR