DEPILAÇÃO A LASER → Como Funciona, Custos e Contraindicações

  • atualizado: 
depilação a laser

No Brasil, as pessoas fazem mesmo depilação. Talvez por causa do calor, da exposição maior do corpo, vaidade, enfim, esteticamente, tanto mulheres quanto homens são adeptos da depilação. Mas é preciso escolher o método mais eficaz de acordo com a sua sensibilidade, com o resultado esperado e, claro, com o preço. A depilação a laser pode ser uma boa alternativa para quem deseja um método mais definitivo para eliminar os pelos do corpo.

O que é depilação a laser e como funciona

Depilação a laser é uma técnica de remoção progressiva dos pelos que utiliza a energia do laser. Embora o método tenha sido inventado na década de 1970, só em 1983 ele foi aperfeiçoado, visto que causava muita dor. Hoje a técnica utiliza a fototermólise seletiva, o que a tornou mais eficaz. Existem vários tipos de laser capazes de remover, de forma progressiva, os pelos.

A energia do laser, em forma de luz, atrai o pelo e capta a melanina, o pigmento encontrado na haste do fio e que dá a ele cor - como, também, à nossa pele. Essa energia retarda o crescimento do fio e elimina a sua capacidade de produzir novos fios. Os pelos vão crescendo mais lentamente e tornam-se mais finos e claros. Segundo a dermatologista Claudia Marçal, quanto mais escuro for o pelo, melhor o resultado obtido com o laser.

Depilação a laser dói?

Isso depende da sensibilidade à dor que cada um tem. Há pessoas que sentem muita dor com a depilação à cera, então, é bem provável que também sintam com o laser. Claro que existe uma certa dorzinha ou desconforto a cada disparo do laser, mas, em geral, a dor é bastante suportável.

A dor também varia de acordo com a região em que o laser é aplicado. Em áreas mais sensíveis, como a virilha, a dor tende a ser maior do que na axila, por exemplo. Isso porque quanto mais fina a pele da região, maior a sensação de dor. As áreas maiores, como a perna, também costumam ser mais doloridas devido ao tempo de exposição.

Quanto custa e quantas sessões são necessárias?

A Sociedade Brasileira de Laser sugere que o tratamento dure, em média, seis sessões, pois a cada sessão, os pelos vão sendo cada vez mais eliminados, enquanto outros vão sendo danificados. Estes ainda voltam a nascer. Por isso, são necessárias algumas sessões para eliminar esses pelos mais resistentes. Já na quarta sessão, é possível ver que restam apenas poucos pelos.

Já o preço varia de acordo com a cidade em que você mora, com a clínica de tratamento, com a região a ser depilada e com o tipo de laser a ser usado no tratamento. Atualmente, os preços já são bem mais acessíveis e podem variar de R$ 100 a R$ 1000 a sessão.

Se eu tiver poucos pelos, posso eliminá-los em uma só sessão?

Uma sessão é insuficiente para atingir o resultado desejado. Mesmo as áreas com poucos fios passam pelo processo descrito acima: alguns são removidos, enquanto outros persistem. O intervalo entre cada sessão geralmente dura, no mínimo, 30 dias, para que os pelos atinjam as duas fases.

A médica Isabel Martinez, membro da Academia Americana de Laser, orienta que sejam feitas de 3 a 4 sessões de manutenção após um ano de tratamento.

A depilação a laser é definitiva, ou seja, ela dura para sempre?

depilaçao laser 1

Cuidado para não ser enganado, pois há sites que vendem a depilação como um método definitivo. Ela é definitiva se você pensar que há uma redução quase total de pelos. O método age progressivamente e, a cada sessão, menos pelos nascem, mas sempre ficam alguns resistentes. Os pelos atingidos não voltam a nascer, mas podem ocorrer disfunções hormonais que fazem com que novos pelos nasçam.

Sem falar que a técnica é eficaz em pelos escuros e grossos. Quem tem o pelo claro ou já branco não vai ter o mesmo resultado. Cada pessoa também reage de uma forma diferente ao tratamento. Há uma drástica redução dos pelos, mas dizer que a remoção é para sempre não é verdade.

Esteja atento também ao que você vai comprar, pois existe a técnica da fotodepilação, que utiliza luz pulsada. O resultado é o enfraquecimento do pelo, e não a sua eliminação.

Por que fazer?

Muitas pessoas se incomodam com os pelos, têm pelos demais, não querem se submeter semanalmente ou quinzenalmente a outros tipos de depilação e preferem algo menos trabalhoso. Outras pessoas sentem alergia à cera e ficam com a pele irritada com a lâmina de barbear.

É preciso avaliar tudo isso, além dos gastos com as diferentes técnicas. Uma sessão de laser pode ser mais econômica do que algumas sessões com cera, já que a remoção dos pelos é mais eficaz.

Por que não fazer?

Embora a técnica a laser seja simples, ela é bem delicada, podendo ocasionar manchas e até queimaduras na pele. O dermatologista Agnaldo Mirandez esclarece que a energia que atinge a raiz do pelo é atraída pela melanina contida nele. Por causa disso, as pessoas com a pele morena e negra têm mais chances de terem queimaduras e manchas e, por isso, precisam de um cuidado especial. A explicação é porque, de acordo com a esteticista Juliana Castro: "Nesses casos, a melanina da pele se confunde com a do pelo e isso pode provocar manchas escurecidas. Mas isso é facilmente controlado com a potência da emissão de luz, que deve ser mais baixa, o que pode aumentar o número de sessões durante um tratamento".

A queimadura pode provocar manchas, bolhas e vermelhidão. Por isso, é importante fazer a técnica com um bom profissional, para que as chances de que isso ocorra sejam mínimas.

Além desse risco, sempre existe o risco de infecção nas partes íntimas. A Academia Espanhola de Dermatologia em Barcelona e a Health Center da Western Washington University realizaram pesquisas que demonstraram que a depilação íntima, quando total, implica em um sério risco de contrair doenças, principalmente fungos, herpes, o vírus do papiloma humano (HPV), verrugas genitais e sífilis.

Contraindicações

Pessoas que têm infecções ou alergias nas áreas a serem depiladas não devem realizar o procedimento. Se também ocorrer o crescimento rápido dos pelos nas regiões depiladas, deve-se investigar a razão disso, de acordo com o Minha Vida.

Quais partes do corpo podem ser depiladas?

Praticamente todas. Mas a área mais buscada pelas mulheres são as axilas. A técnica pode ser usada na virilha, pernas, barriga, buço, peito, rosto e, por isso, muito homens, também, se renderam ao laser.

depilaçao laser 2

Dicas para quem quer fazer depilação a laser

Primeiramente, consulte antes um dermatologista e avalie a necessidade e a conveniência do procedimento. Procure uma clínica recomendada por alguém conhecido que já tenha realizado o procedimento lá. Não é qualquer profissional que está capacitado para realizar o procedimento, por isso procure uma clínica idônea, confiável e com referências.

Não ao modismo

Há bem pouco tempo usava-se fazer a sobrancelha até que ela ficasse bem fininha. Hoje essa moda se foi e existem clínicas que pintam sobrancelhas nas pessoas que as perderam por modismo (com algumas exceções, claro). Isso mostra o quanto a gente vai atrás da moda. Às vezes, o método pode não ser bom nem adequado para nós.

Mas se a questão estiver resolvida, por que não? Realmente, o resultado, para quem está certo de que não quer mais ter pelos, é muito satisfatório.

Especialmente indicado para você:

POUCA QUANTIDADE DE PELOS PUBIANOS PODE CAUSAR INFECÇÕES

FOLICULITE: SINTOMAS, CAUSAS E REMÉDIOS NATURAIS

DEPILAÇÃO ÍNTIMA TOTAL PODE CAUSAR INFECÇÕES GRAVES

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!