Vem do intestino uma grande ajuda no combate ao câncer

bactérias-intestino

Uma pesquisa feita por cientistas britânicos lança uma esperança para o tratamento de câncer.

Segundo o estudo, apresentado na Conferência do Instituto Nacional de Pesquisa do Câncer, em Liverpool, bactérias que habitam o nosso intestino podem fazer com que o corpo reaja positivamente a drogas usadas no tratamento de câncer.

Comparando os tipos de bactérias existentes no intestino de pacientes submetidos a um experimento, os pesquisadores concluíram que o tratamento pode ser mais eficaz se for alterado o equilíbrio das bactérias no intestino. Jennifer Wargo, pesquisadora e cirurgiã de melanoma, explicou à BBC que foi encontrada uma diferença na diversidade de espécies de bactérias em amostras fecais dos pacientes.

Cientistas da Universidade do Texas, nos EUA, que participaram da pesquisa, afirmam que a maior diversidade de microorganimos intestinais traz benefícios a imunoterapias, aproveitando as próprias defesas do organismo no combate a tumores, segundo informa O Globo.

Como ter mais diversidade de bactérias no intestino

Uma alimentação saudável é capaz de melhorar a diversidade intestinal. Logo, dietas que incluem frutas, fibras, legumes e verduras favorecem uma riqueza de microorganismos no instestino e, consequentemente, uma melhor resposta à imunoterapia.

Sir Harpal Kumar, diretor-executivo da Cancer Research UK, diz que: "A manipulação dessas bactérias poderiam ser exploradas no futuro para ajudar os pacientes a responderem melhor ao tratamento".

Especialmente indicado para você:

INTESTINO E DEPRESSÃO: UMA QUESTÃO DE LIMPEZA

CONHEÇA OS ALIMENTOS QUE FAZEM A DIFERENÇA NO TRATAMENTO DO CÂNCER DE OVÁRIO

9 MIL ESPÉCIES DE FUNGOS E BACTÉRIAS MORAM COM VOCÊ