Epidemia de sífilis no Brasil: saiba como se proteger

sífilis

Após o susto provocado, ano passado, pelo zika vírus, agora é a vez de a sífilis se tornar uma epidemia no Brasil. O Ministério da Saúde notificou, entre junho de 2010 e 2016, cerca de 230 mil casos novos da doença.

Hoje, a maior preocupação, além de conter a epidemia, é a transmissão de gestantes para bebês, que passou de 3,7 para 11,2 casos a cada mil nascidos vivos, um aumento de 202%, segundo informa o site Terra. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, admitiu que: "Os casos subiram em número significativo. Estamos tratando o problema como epidemia até para que resultados da redução sejam mais expressivos possíveis".

A maior parte dos casos foi diagnosticada na região sudeste em adultos da faixa etária entre 20 e 39 anos (55%). O governo já anunciou que deve aumentar o preço da penicilina, o antibiótico usado para o tratamento da sífilis, como estratégia para incentivar a indústria a farmacêutica a produzir o medicamento, que há cerca de dois anos encontra-se esgotado no mercado. Para dar conta do surto, o governo fez uma compra emergencial. 

O que causa a sífilis?

A sífilis é causada por uma bactéria e é transmitida por via sexual ou da gestante infectada para o bebê. Como medida preventiva, é preciso tratar a pessoa infectada e o seu parceiro sexual e as gestantes precisam passar por um tratamento para que o bebê não seja infectado, evitando que ele nasça com problemas como surdez e até mesmo deficiência cognitiva.

Como se prevenir da sífilis?

1. Uso de preservativo durante o ato sexual (essa é a principal forma de prevenção).

2. Se contraída a bactéria, ambos os parceiros devem fazer um tratamento completo como forma de controle, a fim de impedir a cadeia de transmissão.

3. Nos casos de sífilis congênita, é preciso fazer o diagnóstico precoce através de testes em mulheres que queiram ficar grávidas. 

4. Em mulheres grávidas, uma rotina de exames pré-natal deve ser feita no primeiro trimestre da gravidez.

Especialmente indicado para você:

SÍFILIS TEM CURA? VEJA AQUI O QUE FAZER (TAMBÉM NA GRAVIDEZ)

OMS ALERTA QUE A GONORREIA E OUTRAS DSTS ESTÃO SE TORNANDO INTRATÁVEIS