Prisão de ventre: até quantos dias é normal não ir ao banheiro?

prisao-de-ventre

Quem já passou pela experiência da constipação intestinal sabe o quanto o nosso cotidiano é afetado. Ficamos irritados e ansiosos. Mas será que não ir ao banheiro provoca algum mal à nossa saúde? Até quantos dias é considerado normal não ir ao banheiro?

A prisão de ventre se caracteriza por menos de três evacuações por semana. Às fezes costumam ter pouco volume e, geralmente, são duras, o que provoca muito esforço para serem eliminadas. 

Uol investigou esse mistério e ouviu de especialistas que até 3 dias é normal não fazer coco, mas isso depende de cada organismo, isto é, depende do que você come, se sofre de estresse etc. O normal é que ir ao banheiro não seja um sofrimento e que fazer coco seja tão fácil e natural quanto fazer xixi. 

Para avaliar se você está dentro do que é considerado normal, é importante fazer uma avaliação das suas próprias fezes. O aspecto delas pode revelar muito sobre a sua saúde. O mais comum é que as fezes tenham a coloração marrom e a aparência consistente, ou seja, nem mole nem dura. Variações de cor e aspecto podem indicar sinais de doenças. Leia mais sobre isso no post abaixo:

O QUE AS FEZES DIZEM SOBRE O NOSSO ESTADO DE SAÚDE

Como funciona o intestino

prisao de ventre dias 2

O intestino reflete aquilo que comemos. Por isso, a maioria dos casos de prisão de ventre (85%, segundo a matéria da Uol) se deve a uma má alimentação, em geral, a alimentos industrializados.

Alimentação é tudo

Por isso, é tão importante ter uma alimentação saudável. Especialmente alguns alimentos ajudam o intestino a trabalhar melhor, como os que contêm fibras, ameixas, frutos secos, água de coco, legumes, verduras, figo da Índia, além da atividade física, que contribui para regularizar a atividade intestinal quando praticada regularmente.

comendo fibras

Remédios para a prisão de ventre

Nos momentos de desespero, muitas pessoas fazem uso de laxantes, mas o tiro pode sair pela culatra, pois esses medicamentos "viciam" o organismo, requerendo que sempre se precise da forcinha deles para ir ao banheiro. 

Melhor usar remédios naturais. Além da alimentação adequada, em primeiro lugar, os truques da vovó ajudam bastante: ameixa, mamão, atividade física e água. 

Mitos sobre a prisão de ventre

A prisão de ventre é mais comum do que se imagina. De acordo com o Uol, cerca de 15% da população brasileira sofre com ela, que é mais comum entre as mulheres, devido a alterações hormonais, gestações e menstruação.

Existem alguns mitos sobre este problema, por exemplo, dizem que a dificuldade de ir ao banheiro é uma questão genética. Isso não é verdade. O que pode acontecer é que os hábitos alimentares comuns entre os membros de uma família contribua para a prisão de ventre, mas não existem estudos que comprovem uma relação genética no problema.

Um outro mito difuso é o de que devemos evacuar todos os dias. Como dito acima, segundo os especialistas, o mínimo seria 3 vezes por semana. Cada organismo é um organismo, depende muito da alimentação e existem outros fatores que também influenciam a nossa ida ao banheiro, estresse, estar viajando por exemplo, são fatores que dificultam ou desregulam nossos hábitos cotidianos.

mulher feliz copiar

Resumindo, se você costuma ir menos de 3 vezes por semana ao banheiro para evacuar e, se você não está sempre viajando e come regularmente, verifique a sua alimentação - se não come rápido demais, se não come alimentos industrializados sempre. Se as poucas idas são ainda por cima sofridas, é melhor procurar um médico. O intestino é considerado um dos órgãos mais importantes do nosso organismo e manter a sua funcionalidade ótima, é questão primordial de saúde.

Especialmente indicado para você:

INTESTINO E DEPRESSÃO: UMA QUESTÃO DE LIMPEZA

CONHEÇA 10 FORMAS DE FAZER O SEU INTESTINO FUNCIONAR MELHOR

REMÉDIOS CASEIROS PARA ELIMINAR GASES ESTOMACAIS E INTESTINAIS