Como baixar a febre de maneira RÁPIDA e natural

Como baixar a febre

Algumas dicas práticas sobre o que você pode fazer para baixar a febre, sua ou de seu filho, de maneira rápida e natural (sem uso de medicamentos antipiréticos).

Primeiro, é preciso lembrar que a febre tem um propósito curativo no nosso organismo. Quando temos febre, esse estado indica que o nosso organismo está lutando contra o agente causador de uma infecção, portanto, um agente microbiano, seja ele vírus ou bactéria, invasor e nocivo. Portanto, as febres são boas até uma determinada temperatura.

Você deverá agir para baixar a febre se esta ultrapassar os 38,5ºC (temperatura axilar) pois, acima deste nível, o organismo começa a se desgastar aceleradamente sem conseguir dar conta da luta do seu sistema imunológico. Também não é aconselhável deixar que a febre se mantenha por muito tempo, independentemente da temperatura a que chegue pois, isso indica que o organismo febril não está conseguindo dar conta da batalha e precisa de ajuda.

Basicamente, para baixar a febre de alguém você deverá esfriar seu corpo, ou partes deste (cabeça, barriga, pernas) com compressas de água fria, ou banho morno, de imersão ou chuveiro. Mas, tenha atenção para não provocar um choque térmico que resultará em mais gasto energético para o organismo doente.

Um banho inteiro

Encha a banheira com água temperada a 37ºC e entre, devagarinho. Se sentir arrepios fortes, aqueça um pouco mais a água. O objetivo é que a água da banheira esteja com a temperatura suportável e um pouco abaixo da sua temperatura corporal. Deixe-se ficar na água o tempo que aguentar. Enquanto a água esfria naturalmente o seu corpo transmitirá o excesso de calor para esta, baixando sua febre. Na água deste banho, se quiser, acrescente um chá de folhas de sabugueiro, gervão ou alecrim, que são ótimos para ajudar o organismo em caso de febre alta.

Uma ducha contra a febre

Ligue o chuveiro e tempere a água de forma a ficar agradável para a pele de quem está febril. Fique debaixo d’água, molhando a cabeça e o corpo todo, até sentir que a febre reduziu. Se enrole em uma toalha grande, ou se enxugue e vista o pijama e, de novo para a cama.

Compressas frias

Uma toalha úmida em água fria, pura, é excelente para se colocar na testa de quem está com febre. Também se pode usar compressas frias na planta dos pés, na barriga da perna e atrás dos joelhos e, sobre a barriga, que são locais para onde não fará mal puxar a temperatura excessiva do corpo. O principal é aliviar a cabeça do excesso de temperatura corporal.

Meias úmidas nos pés

Um bom jeito de se fazer baixar a febre e calçar meias grossas úmidas. Faça isso antes de deitar para dormir.

Em bebês...

Um bom jeito é passar mel na sola dos pés, embrulhar em uma toalha umedecida.

Caso o seu bebê tenha febre muito alta, embrulhe ele todinho em um lençol umedecido e, sobre este, um cobertor. É preciso evitar o resfriamento súbito.

Algumas crianças quando têm infecções bacterianas, especialmente se estas atacam a garganta, podem sofrer de aumento repentino e violento da febre. O aumento muito rápido da temperatura corporal, especialmente ao atingir a cabeça, pode provocar convulsão febril que é um quadro de risco, dependendo da sua frequência e violência. Neste caso, embrulhe a criança em um lençol umedecido e leve-a ao pronto socorro mais próximo. Este quadro é mais comum em crianças de poucos meses até os cinco anos de idade. Se o seu filho tiver tendência a ter convulsões, o pediatra deverá ser consultado.

setaLeia mais: COMO BAIXAR A FEBRE DE CRIANÇAS COM REMÉDIOS CASEIROS E HOMEOPÁTICOS

Alimentação

Quem está com febre precisa é de hidratação. A alimentação deverá ser leve, sem gorduras ou alimentos de difícil digestão (estes consomem muita energia, que o corpo febril não dispõe no momento). Ofereça frutas frescas, uma salada de frutas com folhinhas de hortelã, um suco da fruta preferida, chás de ervas (camomila, hortelã, sabugueiro, e outras tantas que são agradáveis ao paladar e têm ação febrífuga), um arroz molinho cozido com batatinha e um pedacinho de frango, ou a famosa canja de galinha da vovó que toda família conhece.

Hidratação

As febres fortes e prolongadas podem causar um processo de desidratação acentuado que torna tudo muito mais perigoso pois, organismo sem água não consegue se restabelecer. Ofereça água pura, limonada ou um chazinho do gosto do paciente e insista para que este tome, pelo menos, alguns goles de vez em vez.

Descanso

Repouso, dormir muito, ver um filme agradável, ler um livro gostoso, ouvir uma história bonita são atividades boas, e necessárias, para a recuperação de quem está doente e febril. O sono é um dos melhores repositores de energia do nosso organismo assim como as boas conversas que transmitem energia positiva.

Especialmente indicado para você:

setaCONHEÇA OS SINTOMAS DA DENGUE, ZIKA, CHIKUNGUNYA E GRIPE

setaOS REMÉDIOS CASEIROS MAIS USADOS PELOS BRASILEIROS