Gastrite: causas, dietas e complicações

Gastrite

Somente quem já sofreu de gastrite sabe o incômodo que pode ser conviver com esta situação. Por tratar-se de uma inflamação dos tecidos que revestem o estômago, a gastrite causa dores severas espontaneamente e também após a ingestão de alimentos. Há dois tipos de gastrite, aguda e crônica. Enquanto uma poderá ter uma cura natural, a outra deverá ser tratada excepcionalmente por um profissional de saúde. Veremos aqui as causas da gastrite, dietas e também complicações que possam existir.

Sintomas da gastrite

A gastrite pode ser observada de forma aguda ou crônica. Os dois tipos causarão os sintomas mais desagradáveis em relação ao estômago e também apresentarão semelhanças no quadro de dor.

No entanto, é possível detectar nuances dos sintomas nos dois tipos distintos de gastrite. De forma geral, podemos dizer que os sintomas da gastrite comumente são apresentados desta forma mas não nesta ordem:

  • * Azia
  • * Queimação de estômago ou má digestão
  • * Dor constante na parte superior do abdome

Em vias gerais, estes sintomas poderão ser observados muito normalmente após a ingestão de alimentos a qualquer hora do dia.

Já a gastrite crônica pode também apresentar outros sintomas, como gases intestinais, náuseas e sensação de saciedade alimentar, além dos já citados acima. Entenderemos a seguir as causas da gastrite e também como a gastrite crônica pode trazer consequências alarmantes.

Causas da gastrite

A gastrite pode ser causada por diversos fatores diferentes. Muito recorrentemente é causada pela bactéria Helicobacter Pylori. Além disso, pode também ser causada como reação a medicamentos anti-inflamatórios não esteroides. Isso significa que somente exames laboratoriais mais atentos podem confirmar a causa da gastrite, uma vez que ela também pode ser causada por outros problemas autoimunes, agentes infecciosos, sarcoidose e outros.

Dietas para gastrite

É possível adotar alguns hábitos saudáveis para se combater a gastrite. Em termos gerais, hábitos que causam contaminação química no organismo, tais como o tabagismo e consumo de álcool, devem ser eliminados do dia a dia.

No quesito de alimentação, pode-se fazer bom uso de alguns alimentos que contenham flavonoides, pois eles irão combater o crescimento da bactéria H. Pylori. Como exemplo, uma dieta rica nos seguintes alimentos pode ser o suficiente para iniciar o combate à gastrite:

  • Cebola
  • Couve
  • Alho
  • Salsinha
  • Brócolis
  • Legumes em geral

Isso significa que o abandono dos hábitos ruins e o fortalecimento dos hábitos saudáveis será a chave para o tratamento de gastrite. Uma alimentação consistente que tenha os alimentos acima em sua composição será ideal no tratamento caseiro.

Complicações da gastrite

A gastrite aguda dificilmente apresentará alguma complicação severa no organismo. Já a gastrite crônica merece atenção especial neste quesito. Quando se chega ao quadro de complicações por gastrite crônica, há casos em que se observa úlcera e sangramentos, problemas renais, obstrução intestinal, linfoma, e em casos raros a morte.

É muito normal que um paciente que apresente gastrite aguda seja capaz de melhorar suas condições naturalmente. O mesmo não ocorre com quem sofre de gastrite crônica. Se a mesma não for tratada adequadamente poderá agravar cada vez mais a condição do paciente.

Recomendações gerais sobre a gastrite

Vimos que muitos podem ser os agentes causadores da gastrite, aguda ou crônica. É importante frisar, porém, que não apenas por trazer consequências severas, a gastrite, sob qualquer forma, deve ser tratada por um médico ou profissional de saúde, uma vez que não é possível reconhecer o tipo de gastrite através de uma autoanálise. Por isso, ao apresentar sintomas de gastrite que não sejam eliminados em poucos dias, deve-se procurar um profissional de saúde para uma orientação adequada.

Leia mais sobre saúde e bem-estar:

setaA DIETA PARA GANHAR GASTRITE!

setaO QUE AS FEZES DIZEM SOBRE O NOSSO ESTADO DE SAÚDE

setaÓRGÃOS E EMOÇÕES: A QUE EMOÇÃO CADA ÓRGÃO CORRESPONDE?