Herpes: os vários tipos e os remédios naturais eficazes para combatê-los

herpes

A herpes é uma doença infecciosa muito comum que ataca a pele e as membranas mucosas.

É causada por um vírus, o Herpes simplex, do qual se conhece dois tipos.

O primeiro é responsável por aquilo que é comumente chamado de "febre" e que aparece ao redor da boca, nariz, olhos ou outras áreas da pele.

O segundo é muito mais comum do que se pensa e se manifesta nas áreas genitais, sendo transmitido sexualmente.

O grupo herpes vírus causa diversos tipos de doenças, entre elas a herpes labial, genital, a varicela (catapora), a herpes zóster, dentre outras.

O que é a herpes labial?

 
herpes-labial

Herpes labial è uma reação infecciosa cutânea causada pelo vírus da herpes tipo 1 (HSV-1) que pode ser transmitido pela saliva da pessoa infectada através de beijos e do compartilhamento de objetos, copos, talheres, etc. As lesões surgem dentro de 2 a 10 dias após a exposição, primeiramente como uma queimação local e eventualmente com glândulas inchadas e doloridas. Febre e sintomas comuns da gripe também podem surgir.

Depois aparecem as pequenas vesículas brancas que, uma vez formadas, permanecem na pele por até 5 dias para, em seguida formarem uma crosta que tende a cicatrizar espontaneamente dentro de algumas semanas, no máximo. Quando aparecem os primeiros sintomas, o vírus já está ativo e é tão contagioso quanto quando aparecem as lesões.

Leia também: HERPES LABIAL: O QUE É, QUAIS SÃO OS SINTOMAS E COMO SE PROTEGER

Remédios naturais para tratar a herpes labial

 

1. Adeus estresse

A herpes reaparece em muitos casos depois da sua primeira orrência e a recorrência geralmente vem como resultado de situações estressantes. Portanto evitar o estresse, tentando relaxar e se preocupando menos, é o primeiro remédio natural contra a herpes labial.

2. Calêndula, própolis ou mimosa

Pomadas com extratos de calêndula, própolis ou mimosa podem aliviar os sintomas. Banhos com camomila ou calêndula também ajudam a relaxar e estas plantas tem propriedades anti-inflamatórias.

3. Argila

Você também pode aplicar argila várias vezes ao dia para ajudar a curar e a cicatrizar as feridas.

4. Equinácea

A ação principal a se fazer em caso de herpes, além de tentar se desestressar, é a de reequilibrar o sistema imunológico e a equinácea é uma planta conhecida pra esta finalidade. Faça um chá desta planta (2 gr para cada 100 ml de água) ou use tintura de equinácea diretamente sobre as feridas para favorecer sua cicatrização e evitar novas erupções.

5. Aloe vera

A babosa é ótima para qualquer problema na pele e também para o caso da herpes labial. Bastar passar o gel da aloe diretamente sobre as lesões.

6. Mel

Pode ser aplicado diretamente sobre as áreas afetadas. O mel tem várias propriedades curativas e pode ajudar no caso da herpes labial.

O que é herpes genital?

 
herpes-genital

Herpes genital è causado principalmente pela herpes simplex vírus tipo 2, mas também pelo tipo 1, causa pequenas lesões nas áreas genitais que podem ser doloridas e causar coceira e irritação. A doença pode tanto ser assintomática como pode apresentar febre, mal-estar e dores pelo corpo.

Leia também: HERPES GENITAL TEM CURA? SIM! TODOS OS TRATAMENTOS

Como tratar a herpes genital com remédios naturais?

 

1. Higiene e cuidados

Esta infecção também é recorrente uma vez que se adquire o vírus. Baixa imunidade e estresse também são fatores da recorrência. O primeiro remédio natural é a higienização das partes intimas. Evite coçar e estourar as lesões que podem se espalhar para outras partes ainda não afetadas.

2. Banhos de assento

Pode-se efectuar banhos de assento misturando em 1 L de agua, uma colher de sopa de sal e permanece com as partes afetadas de molho por uns 15 minutos.

3. Chá preto

Aplique os sachês de chá preto sobre as partes afetadas quando estiverem mornos, depois de ter feito o chá. Suas propriedades curativas ajudarão a suavizar as lesões e a diminuir a coceira.

4. Camomila e calêndula

São plantas com propriedades emolientes e calmantes que podem ajudar na cura das lesões. Use o chá sobre as partes afetadas com a ajuda de um algodão ou faça um banho de assento com uma ou com as duas plantas.

5. Bicarbonato de sódio

Pode ser usado diretamente sobre as lesões com a ajuda de um algodão banhado em água filtrada (use uma bolinha para cada lesão para não se recontaminar). O bicarbonato de sódio ajuda a cicatrizar e alivia a dor e a coceira.

Lembre-se, em todo e qualquer caso, remédios caseiros funcionam para curar pequenos males e não substituem absolutamente a consulta médica.

50 FANTÁSTICOS USOS ALTERNATIVOS DO BICARBONATO DE SÓDIO

O que é herpes zóster?

 
herpes-zoster

Herpes zóster è uma infecção causada pelo vírus Varicella-Zoster que se apresenta geralmente como bolinhas no corpo. O vírus pode acordar a qualquer momento depois de ter ficado latente anos depois da infecção de varicela ou catapora geralmente ocorrida durante a infância. Mas nem todos que tiveram estas doenças desenvolverão a herpes zóster e o vírus pode ser transmito aos adultos que não tiveram tais doenças na infância.

Leia também: HERPES ZOSTER – TEM CURA? SIM. TODOS OS TRATAMENTOS

Curas naturais para a herpes zóster

As dores causadas pela herpes zóster podem ser intensas e internas, portanto as curas naturais nem sempre surtem efeitos. Lembre-se que remédios caseiros funcionam para curar pequenos males e não substituem absolutamente a consulta médica.

1. Mel

Pode aliviar o mal-estar na pele causado pelas lesões, além de ter propriedades curativas. A aplicação pode ser do mel diretamente sobre a pele.

2. Melissa

Use os efeitos calmantes e analgésicos dessa planta preparando um chá de melissa sobre as lesões. Aplique o chá diretamente sobre a área afetada ou com a ajuda de um algodão.

MELISSA OU ERVA-CIDREIRA: FÁCIL DE VOCÊ CULTIVAR, EM VASOS OU NO JARDIM

3. Aloe vera

O gel refrescante da babosa também pode ajudar a aliviar o incômodo causado pelas lesões. Aplique-o diretamente sobre a pele afetada.

Lembrete!

Os remédios naturais nestes casos apenas aliviam os sintomas. Os vírus seguem seus ciclos e praticamente passam sozinhos. Não existe cura definitiva para a herpes. Cuide da saúde em geral se alimentando bem, dormindo bem e fazendo atividades físicas regulares que desestressam e endorfinam, evitando situações que desencadeiam a doença.