Açúcar refinado causa tumores e metástases: um novo estudo

O açúcar é mesmo uma substância mortal? Ao que parece sim, pois um novo estudo feito pela Universidade do Texas confirma a nocividade do açúcar refinado, constatando-se que o consumo elevado desta substância (a quantidade normal de uma dieta ocidental típica) está ligado a um risco maior de desenvolver câncer de mama e metástase pulmonar.

O estudo verificou que, na prática, a ingestão de sacarose levou a um aumento no crescimento de tumores e metástases, quando comparada a uma dieta à base de amido e não de açúcar. Os pesquisadores determinaram que a frutose, derivada da sacarose, facilita as metástases pulmonares e a produção de tumores da mama.

Segundo os estudiosos o açúcar agiria em uma via de sinalização da enzima conhecida como 12-LOX (12-lipoxigenase).

Um dos autores da pesquisa, Lorenzo Cohen, Ph.D. e professor de Medicina Paliativa, Reabilitação e Integrativa, evidenciou que seriam propriamente a sacarose e a frutose, presentes em grandes quantidades em tantas coisas que nós comemos, os principais elementos de risco.

COMO EVITAR O AÇÚCAR

* Lembre-se sempre de ler os rótulos das embalagens pois o açúcar está “em tudo”, até mesmo nas comidas salgadas;

* Evite os fast food e reduza o consumo de álcool, refrigerantes ou alimentos enlatados.

O efeito adverso do açúcar imediatamente chama a atenção: a cárie dentária, diabetes, ganho de peso, elevações dos níveis de glicose no sangue.

Tenha em mente, além do mais, que não só o açúcar branco clássico, mas também os adoçantes artificiais podem ser prejudiciais para a saúde e elevar o nível de açúcar no sangue. Preferir os adoçantes artificias como o aspartame, a sacarina e a sucralose não são boas alternativas para evitar os problemas do açúcar no sangue e nem tampouco o excesso de peso.

UM APLICATIVO

Da Inglaterra chega um novo aplicativo para smartphones: é o ”Sugar smart app” que foi realizado pela Public Health England, o Ministério da Saúde britânico, com o objetivo de revelar o conteúdo de açúcar presente nas bebidas e nos alimentos. O App funciona através da leitura do código de barras de mais de 75 mil produtos, o que permite saber imediatamente da sua composição, incluindo as quantidades em gramas de açúcar e também fornecendo os limites diários de ingestão desta doce substância nociva.

Leia também:

O QUE ACONTECE SE PASSARMOS UM MÊS SEM INGERIR AÇÚCAR E ÁLCOOL?

UM ANO SEM AÇÚCAR: A AVENTURA DE EVA SCHAUD E SUA FAMÍLIA

50 GR DE AÇÚCAR POR DIA: O LIMITE QUE NÃO DEVE SER ULTRAPASSADO, SEGUNDO A OMS