Tá estressado? Lava a louça que passa!

lavar louça combate o estresse

Você estava convencido de que as únicas maneiras de combater o estresse era fazer um belo passeio na natureza, ter uma noite agradável com amigos, beber um bom vinho ou assistir um filme interessante? Sim, provavelmente tudo isso funciona muito bem, mas quando isso não é possível e você ainda precisa relaxar, você pode simplesmente ...lavar louça!

Isso mesmo: lavar a louça combate o estresse e não só. De acordo com um estudo da Universidade Estadual da Flórida, publicado na revista Mindfulness, lavar louças seria também um momento ideal para encontrar inspiração. Os pesquisadores observaram que aqueles que realizam esta tarefa diariamente são menos nervosos do que aqueles que não o fazem.

Não devemos levar esta tarefa doméstica como uma obrigação chata e sim como um momento para si próprio em que, além de fazer algo útil, você tem tempo para pensar e até para conseguir a inspiração ou a idéia que há muito tempo está procurando! Tudo isso supondo que você saiba "meditar" de alguma forma e consiga se concentrar no momento presente.

Leia também: MINDFULNESS, A MEDITAÇÃO DA ATENÇÃO PLENA

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores pediram a 51 alunos para lavarem louça. Apenas metade deles tinha lido por cima, alguma coisa sobre a importância da experiência "meditativa” que estavam se preparando para realizar, ao passo que a outra metade dos alunos apenas tiveram um texto que explicava como melhorar a técnica da lavagem de louça. No final, todos foram convidados a responder algumas perguntas sobre o que eles tinham acabado de experimentar.

Viu-se que aqueles que tinham sido convidados a viver uma experiência sensorial mais profunda (embora estivessem apenas lavando louças) tiveram um aumento de sentimentos positivos (25%) e tiveram reduzidos os seus níveis de estresse (-27% ) em relação aos outros participantes.

O primeiro grupo tinha essencialmente vivido uma experiência de meditação mindfulness enquanto lavava os pratos. Aos participantes deste grupo tinha sido pedido apenas para que se concentrassem no “aqui e agora”, aceitando os seus pensamentos sem julgá-los. Os especialistas chegaram à conclusão de que é bom treinar a mente desta forma, mesmo durante as atividades comuns que praticamos todos os dias.

Maravilha! Fazer tarefas domésticas não precisa mesmo ser chato e pode ser um momento, inclusive, de entrar em contato consigo mesmo, deixando os pensamento fluírem e sonharem. Experimente!

Leia também: EM FORMA: AS 11 TAREFAS DOMÉSTICAS QUE MAIS QUEIMAM CALORIAS