O paracetamol aumenta os riscos de AVC e ataque cardíaco

paracetamol aumenta os riscos

Paracetamol, um dos analgésicos mais populares do mundo, deve ser usado com muita moderação. Este principio ativo utilizado principalmente como analgésico e antipirético, se mostrou prejudicial para o nosso coração. Seu uso prolongado, pode aumentar os riscos de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral.

Só isso? Não! Pode também aumentar os riscos de desenvolver úlceras e hemorragias. Resumindo, um dos fármacos mais utilizados, se mostra, como todas as outras drogas, absolutamente nocivo.

Este é a quadro que sai de um estudo realizado por pesquisadores britânicos do Instituto Leeds for Rheumatoc e Musculockeletal Medecine realizado em 666 mil pacientes acompanhados em oito pesquisas diferentes.

Os pacientes tomaram paracetamol todos os dias até um máximo de 14 anos, para o alívio da dor causada pela artrite ou para tratar as dores nas costas.

O resultado é que o próprio princípio ativo aumentou em 68% o risco de ataque cardíaco ou de acidente vascular cerebral, e em 50% o risco de ocorrerem úlceras ou hemorragia, porque o medicamento age inibindo a ação das prostaglandinas (mediadores de processos inflamatórios).

O pesquisador-chefe, Philip Conaghan, no entanto, pede cautela, porque é verdade que se trata sempre de um medicamento, mas é igualmente provável que muitos pacientes que tomaram paracetamol por um longo período de tempo, podem ter contraído doenças que, provavelmente, lhes causaram a morte prematura independentemente da droga.

Em qualquer caso, os estudiosos afirmam que mais estudos são necessários para estabelecer ou descartar a ligação entre o paracetamol e aumento da incidência de casos de ataque cardíaco e ou acidente vascular cerebral.

Recursos naturais

E enquanto isso, nós? Sabemos que, em geral, os remédios realmente devem ser a última opção. Se temos uma forte dor de cabeça ou uma dor nas costas, entre chás calmantes e remédios homeopáticos (além do estilo de vida e alimentação correta) você pode encontrar o remédio natural que se adapte a todos. Idem com relação a febres, resfriados e várias influências virais.

Leia também:

10 ALIMENTOS E ERVAS QUE SÃO VERDADEIROS ANTIBIÓTICOS NATURAIS

AVC - RECONHECER OS PRIMEIROS SINAIS E O ENCAMINHAMENTO RÁPIDO SALVA VIDAS

CURAS E REMÉDIOS NATURAIS PARA GRIPES E RESFRIADOS

REMÉDIOS NATURAIS PARA AFTAS

CORTISONA: 5 ALTERNATIVAS NATURAIS