Novembro Azul: todos contra o câncer de próstata

Novembro Azul: todos contra o câncer de próstata

Após o Outubro Rosa, voltado ao público feminino, temos uma nova e importante campanha no novo mês. Com a finalidade de conscientizar a população masculina sobre o câncer de próstata, para reduzir a grande taxa de mortalidade de homens pela doença, SBUSociedade Brasileira de Urologia – e o Instituto Lado a Lado pela Vida criaram o Novembro Azul.

Criado em 2003, a campanha tem crescido ano após ano. É importante destacar que, mesmo que a propaganda seja mais massiva para o câncer de mama e o público feminino, há grande necessidade de haver propagandas voltadas para o segmento masculino.

O INCAInstituto Nacional do Câncer –, afirma que o câncer de próstata é o segundo tipo que mais afeta os homens, com cerca de 69 mil casos diagnosticados, somente no ano de 2014. A taxa de mortalidade estimada ocasionada pela doença é de 11,6% e o melhor é que, quando diagnosticada em seus primeiros momentos, a chance de cura é de algo próximo a 100% dos casos.

Embora o Dia Mundial do Combate Ao Câncer de Próstata seja celebrado no dia 17 de novembro, a ideia do Novembro Azul é a de transformar o mês inteiro em foco de ações informativas sobre a doença, inclusive através da desmistificação do exame de toque, que é alvo de constante preconceito, pelo machismo, ainda reinante no Brasil.

Para que os homens se protejam, os exames devem ser feitos em base anual, a partir dos 50 anos e quem tiver algum caso de câncer de próstata na família, ainda mais cedo, aos 45 anos. Há certos casos com sintomas, como obstrução urinária e disfunções na área. Entretanto, quando aparecem os sintomas, é sinal de que a doença já está em grau avançado, dificultando o processo de cura.

Alguns prédios públicos, a exemplo do que ocorre com o Outubro Rosa, serão iluminados, como é o caso da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil –, e outros. Em alguns locais do país, haverá eventos destinados à saúde do homem, com medição de glicemia, tabagismo, sexualidade, entre outros, para atrair esse público e suas famílias.

Leia também: Cientistas brasileiros fazem novas descobertas para a cura do câncer

Fonte foto: accamargo.org.br