Morte de mais de 30 bebês nos EUA, provoca recall de berços

  • atualizado: 

O Grupo Mattel anunciou, recentemente, o recall do berço Rock'n Play, da Fisher Price, após o aparecimento de inúmeros casos de mortes de bebês que usavam o equipamento. Pelo menos 32 mortes, em decorrência do uso do berço, foram notificadas nos EUA.

O pedido para retirada foi feito pela Agência de Proteção ao Consumidor dos Estados Unidos (CPSC). Os óbitos ocorreram, principalmente, por causa da queda dos bebês desse modelo de berço.

A marca emitiu um comunicado, dizendo prezar pela segurança das crianças, mas que existiram, nesses casos, falhas nas regras de uso. Segundo eles, bebês maiores de 3 meses não devem usar o item, tendo em vista que já podem rolar, ocasionando quedas. Além disso, e imprescindível o uso do cinto de segurança durante o período em que o bebês estiver no berço.

Abaixo, confira a nota que a Fisher Price do Brasil emitiu sobre o fato:

"Segurança é nossa maior prioridade. A perda de uma criança é trágica e mexe com todos nós. Por quase 90 anos, gerações de pais confiam na Fisher-Price para fornecer produtos seguros e de alta qualidade para seus filhos. Trabalhamos muito para ganhar essa confiança. Nós garantimos a segurança do Fisher-Price Rock'n Play Berço Portátil, produto que atende a todas as normas de segurança aplicáveis, incluindo a ASTM International, além de ser certificado pela Associação de Fabricantes de Produtos Juvenis (JPMA). Continuamos trabalhando com a Consumer Product Safety Commission (Comissão de Segurança de Produtos de Consumo dos EUA) para garantir a segurança dos itens do nosso portfólio, incluindo o Berço Portátil Rock'n Play. É essencial que os avisos e instruções do produto sejam sempre seguidos. Continuaremos a fazer tudo o que pudermos para garantir que os pais e cuidadores tenham acesso às informações necessárias para criar um ambiente de sono seguro para bebês".

Atenção

Fica a notícia e o alerta para pensar bem antes de comprar qualquer produto para bebê. Muitas vezes acontece de os pais comprarem produtos que os decepcionam depois, ou porque se mostram inúteis ou porque duram muito pouco tempo.

Esse período de vida de uma criança passa muito rápido e é fácil vender qualquer produto tendo um público alvo assim emotivo, como são os recém-pais e mães.

Além disso, é importante ler antes de usar qualquer produto para crianças, principalmente bebês.

Muito tristes estes episódios, esperamos que nunca aconteçam.

Talvez te interesse ler também:

ENSINO DOMICILIAR: PROJETO DE LEI PREVÊ QUE PAIS TENHAM DIREITO DE EDUCAR FILHOS EM CASA

ATROPELA SEM QUERER UM FRANGO COM SUA BICICLETA E USA TODO SEU DINHEIRINHO PARA LEVÁ-LA AO HOSPITAL

COMO A INDÚSTRIA DO TABACO CONSEGUIU VICIAR O PÚBLICO INFANTIL EM BEBIDAS AÇUCARADAS

Fonte foto: Consumer Reports

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!