8 Frases que Nunca Devemos Dizer às Crianças

  • atualizado: 
Gritar criança

A comunicação verbal é uma das principais ferramentas humanas. No entanto, isso tanto pode ser positivo, quanto negativo. Quem não se lembra de algo que ouviu de alguém, que desencadeou sentimentos de tristeza, baixa autoestima e mágoa? No caso dos pais, é necessário ter cuidado redobrado com o que se fala para os filhos, especialmente quando eles são crianças, para que uma frase mal colocada não cause dores emocionais aos pequenos.

Os pais têm um poder muito grande sobre os filhos, e tudo o que falam pode tornar-se uma espécie de voz interior, acompanhando a criança por anos e anos, muitas vezes de modo negativo.

Por isso conheça abaixo 8 frases que nunca devem ser ditas para elas.

1. Engula o choro

Embora seja incômodo lidar com o choro infantil, é importante que os pais deixem a criança extravasar sua dor. Pedir para ela não chorar é como mostrar que ela deve reprimir certas emoções, e isso não é nada bom. Prefira dizer coisas como "Você pode chorar, mas podemos conversar sobre isso também, quando você ficar mais calmo".

2. Estou decepcionado com você

Todo mundo erra, e com as crianças não é diferente, ainda mais que elas estão em fase de aprendizado, testando limites, conhecendo a si mesmas. Aprenda a dizer para seu filho que o que ele fez foi errado, mas não diga que isso o decepcionou, tente ajudá-lo a assumir o que fez e melhorar. É mais efetivo do que dizer uma frase tão negativa quanto essa.

3. Eu faço tudo por você

Muitas vezes os pais jogam na criança a responsabilidade por não terem tempo para si mesmos, por perderem a paciência e por tantas outras coisas. Mas isso não é culpa das crianças, mas sim de uma inabilidade dos adultos no trato com elas.

4. Criança grande não sente medo

Todo mundo sente medo, e dizer para uma criança que, a partir de determinada idade, ela não tem direito a ter esse sentimento é irreal e ineficaz. Mostre para ela como lidar com o medo, e diga que é natural.

5. Você é uma criança ruim

Não rotule seu filho jamais. Isso pode criar para ele a sensação de que aquilo é a verdade, e ele pode começar a acreditar e agir da forma que "impuseram" para ele. Uma atitude negativa não torna a criança ruim, lembre-se que ela está aprendendo e crescendo. Mostre para ela o caminho, e evite ofendê-la.

6. Você não é bom o suficiente

Seja em uma brincadeira ou em um momento de raiva, alguns pais podem acabar dizendo, ainda que com outras palavras, que a criança não é boa o suficiente para algo, ou grande o suficiente. Isso pode afetar negativamente a autoestima dela, fazendo-a pensar que não é capaz.

7. Falar da aparência

Não diga coisas como "você é gordo", "você é feio", "você é baixo" ou algo do tipo para a criança. Falar sobre a aparência dela pode destruir a autoestima, além de passar a falsa impressão de que o que importa é o que ela é por fora, quando isso não é verdade.

8. Você é inútil

Pode parecer deveras cruel, mas em um momento de raiva, os pais podem falar coisas do tipo, muitas vezes sem perceber. Pense sempre, mesmo nas piores horas, que se trata de uma criança ouvindo aquilo dos pais. As consequências podem ser graves, causando infelicidade e mágoa.

Resumindo, precisamos entender que é preciso prestar atenção a tudo aquilo dizemos às nossas crianças, que sejam nossos filhos, sobrinhos, etc, amando-os por aquilo que eles são, e os encorajando a melhorar sempre não os criticando de modo severo, com frases demasiado duras e até mesmo desnecessárias, porque não construtivas.

Crianças são como massinhas modeláveis. Pense nisso.

Talvez te interesse ler também:

SÍNDROME DA CRIANÇA IMPERADOR – O QUE É E COMO LIDAR COM ESSE PROBLEMA

CRIANÇAS: ELOGIAR É PRECISO! MAS QUANTO?

12 CONSELHOS PARA MELHORAR A AUTOESTIMA DAS CRIANÇAS

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!