A fase dos porquês – A criança de 4 anos

  • atualizado: 
A fase dos porquês

Quando ainda é um bebê, os pais não veem a hora que a fase da linguagem chegue. E quando ela chega, vem com tudo. Até que, em determinada fase, por volta dos 4 anos, a criança fala tanto, que chega a cansar os adultos, principalmente por que crianças perguntam o tempo todo.

Uma pesquisa divulgada no site Littewoods.com mostrou que as crianças fazem cerca de 300 perguntas por dia. O estudo mostrou ainda que as mães são os maiores alvos das dúvidas dos pequenos. Além das indagações constantes, há outros aspectos importantes nessa fase. Conheça abaixo alguns deles.

Como é a criança de 4 anos

Aos 4 anos a criança está se descobrindo como indivíduo, querendo fazer as coisas sozinha, tomar decisões. É comum que eles continuem tentando chamar a atenção, que sejam inquietas, ativas, falantes.

Nessa idade o pequeno também já começa a separar a realidade da fantasia, gosta de letras e números, desenha, pinta, cria amigos imaginários. E por falar em imaginação, nessa fase ela está a mil.

E a criança já tem capacidade de inventar – e participar – de brincadeiras mais elaboradas. A linguagem está bem evoluída, a criança constrói frases complexas, argumenta, conversa o tempo todo. Também é comum que ela observe tudo e todos. Daí nascem muitas indagações e uma abertura para o aprendizado.

Embora a maioria delas já tenha desfraldado nessa fase, fazer xixi na cama pode continuar acontecendo, pelo menos, até uns 5 anos.

Por que elas perguntam tanto

As crianças perguntam muito aos 4 anos e isso é ótimo. Significa que elas estão se desenvolvendo bem cognitivamente e querem aprender. Elas têm perguntas sobre tudo e querem todas as respostas. O "não sei" para elas é extremamente inconveniente, algumas nem aceitam, continuam perguntando. Nessa idade elas observam muito os adultos, e podem fazer perguntas um pouco incômodas. Mas as dúvidas nunca devem ser descartadas, pois é assim que a criança aprende. Tolher as indagações pode intimidar o pequeno.

Como responder tantas perguntas

Obviamente, não é nada fácil responder 300 perguntas por dia. Mas é importante que os pais entendam que isso faz parte do desenvolvimento da criança, e é um bom sinal de que tudo está correndo bem.

Existem algumas dicas para lidar melhor com essa fase:

  • Se a criança perguntar algo, responda. Caso não saiba, diga que não sabe, que vai pesquisar sobre o assunto. Caso ela não aceite o "não sei", tente mudar o foco;
  • Tenha bastante paciência, pois a curiosidade faz bem para a criança. Gritar, dizer que não quer falar ou ignorar podem fazer o pequeno ficar receoso de perguntar, o que pode atrapalhar no bom desenvolvimento dele, emocional e cognitivamente;
  • Pesquise, inclusive, junto com a criança, sobre o tema da dúvida. É um bom momento para fortalecer vínculos e aprender mais;
  • Use elementos lúdicos e respeite a faixa etária da criança na hora de responder as perguntas. Uma pergunta sobre por que o sol "vai embora" ou qual o motivo do céu ser azul pode virar um teatrinho interessante, um desenho divertido e tudo mais que a imaginação permitir;
  • Estimule a curiosidade da criança sempre. Perguntas são naturais, humanas. Mostre para ela que você se importa, que gosta que ela pergunte. Isso só vai fazer bem a ela.

Talvez te interesse ler também:

MARCOS DO DESENVOLVIMENTO INFANTIL – DO NASCIMENTO AOS 5 ANOS DE IDADE

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!