Como Estimular a Autonomia das Crianças

  • atualizado: 
autonomia das crianças

Talvez você não se lembre, mas a primeira vez em que conseguiu amarrar os sapatos sozinho deve ter proporcionado um sentimento de confiança e felicidade sem igual.

Porém, mesmo que a sensação tenha se perdido, é importante ter em mente que as crianças aprendem muitas coisas, inclusive a serem autônomas e independentes. E acredite, são duas habilidades diferentes: a independência refere-se à capacidade de executar tarefas cotidianas sozinho, já a autonomia diz respeito a saber tomar as próprias decisões e “cuidar” da própria vida.

A segunda, então, é uma ferramenta emocional essencial para o pleno desenvolvimento e realização pessoal.

Por esse motivo, as crianças devem ser incentivadas desde cedo. Um estudo da Universidade de Montreal, no Canadá, mostrou, por exemplo, que incentivar a autonomia impacta positivamente no desenvolvimento cognitivo, mais precisamente nas funções de memória de trabalho, flexibilidade de tarefas, capacidade de planejamento, raciocínio, entre outras.

A falta de autonomia gera adultos inseguros, medrosos e sem iniciativa, que vão ter imensa dificuldade de tomar decisões.

No entanto, como estimular essa importante habilidade nas crianças?

Confira abaixo algumas dicas.

Dicas para criar filhos independentes e autônomos

Ensine

Os pequenos estão em pleno desenvolvimento e constante aprendizado. Nesse sentido, é importante conhecer a criança, perceber o que ela já é capaz de fazer sozinha e conduzir essa aquisição de conhecimento com empatia e gentileza.

Dialogue

Nunca deixe de conversar com seu filho sobre tudo, inclusive sobre novos aprendizados. Mostre, por exemplo, que toda escolha gera consequências, que, muitas vezes, ele não vai conseguir fazer algo que quer, nas primeiras tentativas, e que essa frustração faz parte de vida.

Dê tarefas

Conforme a criança vai adquirindo novas habilidades, ela já pode começar a executar algumas atividades sozinha. Veja o que está à altura da criança e deixe-a fazer. É interessante também dar tarefas, como guardar brinquedos, arrumar a mesa, entre outras, para que ela exercite as próprias capacidades e desenvolva senso de responsabilidade.

Dê poder de escolha

Seja a roupa que vai vestir ou o passeio que quer fazer, é importante também dar poder de escolha para as crianças, isso incentiva a tomada de decisão e ajuda na construção da autonomia. Vale lembrar que a criança nunca está totalmente pronta, ela vai desenvolvendo as habilidades, na medida em que exercita o que vai aprendendo.

Com o poder de escolha, é a mesma coisa. Talvez nas primeiras vezes que você deixá-la escolher a própria roupa, ela demore, escolha um vestuário inapropriado ou até mesmo queira ficar sem vestir nenhuma. Mas, na medida em que você conduz essa habilidade, ela vai ganhando confiança, e entendendo como funciona. E isso faz muito bem para o desenvolvimento dela.

Confie

É normal que você fique hesitante em deixar a criança fazer as coisas sozinha, ora por que ela não vai fazer “direito” ou por que você acha que ela não esteja pronta. Mas é importante confiar que seu filho vai saber fazer, mesmo que demore um pouco, e mais que isso, que vai saber lidar com as frustrações, tentativas e erros e novas conquistas que fizer pelo caminho.

Sobre criança e educação infantil, talvez te interesse ler também:

seta12 CONSELHOS PARA MELHORAR A AUTOESTIMA DAS CRIANÇAS

setaMÉTODO MONTESSORI: 10 PRINCÍPIOS PARA EDUCAR CRIANÇAS FELIZES

setaPOR QUE AS CRIANÇAS JAPONESAS VÃO À ESCOLA SOZINHAS?

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!