Cheiro de Suor em Crianças – O que Fazer?

  • atualizado: 
desodorante-criança

Poucas coisas são tão agradáveis quanto o cheirinho de bebê, tanto que essa “fragrância” natural fica na memória olfativa dos pais por muito tempo. No entanto, bebês crescem, e o cheiro bom dá lugar a outros odores: colônia, shampoo, hidratante, perfume, comida, doce, terra...e suor. Ao contrário dos bebês, as crianças podem apresentar um cheirinho desconfortável nos pés, axilas e outras regiões do corpo. É quando entra em cena a preocupação dos pais: será normal crianças transpirarem como adultos?

A resposta é não, e você vai entender abaixo o porquê.

Odor axilar - causas

O mau cheiro debaixo do braço – algo bastante comum entre adultos – não é comum em crianças pequenas. Isso por que elas ainda não têm as glândulas sudoríparas, responsáveis pela produção de suor, bem desenvolvidas.

Quando a criança apresenta odor nas axilas, é importante se atentar a algumas possíveis explicações:

  • Higiene inadequada – O suor, em si, não tem cheiro. O que torna o odor debaixo do braço desagradável são as bactérias da região. Crianças que apresentam essa condição podem não estar com a higiene axilar em dia.
  • Doenças – Algumas enfermidades, como a diabetes e a fenilcetonúria, podem provocar um odor nas axilas, em decorrência de uma falha na metabolização de determinadas substâncias. Essa descompensação pode fazer o corpo eliminar determinados itens pelo suor.
  • Alimentação – Alimentos como alho, cebola e carnes (por causa dos hormônios) podem provocar um odor no suor axilar das crianças também.
  • Hiperidrose – Esse distúrbio pode acometer qualquer um, inclusive crianças, e causa uma alta produção das glândulas sudoríparas, fazendo a pessoa suar mais que o normal.
  • Efeito colateral de medicamentos – Remédios podem ter como efeito colateral o mau cheiro axilar.
  • Puberdade precoce – Essa deve ser uma suspeita quando a criança começa a suar demais, pois pode significar que o corpo começou a produzir os hormônios que levarão à puberdade, entre outros sinais. Veja mais:

 

O que é Puberdade Precoce?

A produção de suor pode estar por trás de uma antecipação na puberdade sim, mas não isoladamente.

O que acontece é que quando o corpo entra nessa fase, os hormônios sexuais ativam as glândulas sudoríparas provocando um aumento do suor. Tendo em vista que esse material é fonte de alimentos para bactérias das mais variadas é que essa substância fisiológica tem mau cheiro.

No entanto, no caso das crianças, o suor, por si só, não significa uma puberdade precoce, mas apenas quando vem acompanhado de outros sinais, como o crescimento mamário e a presença de pelos pubianos.

Apenas um especialista é capaz de avaliar corretamente o que está fazendo a criança produzir o suor excessivo ou o cheirinho característico.

Se necessário, ele poderá fazer, além da análise clínica, também um raio X do pulso para estabelecer o nível de maturidade óssea, além de exames de sangue.

 

O que fazer se a criança apresentar cheiro de suor?

Caso a criança apresente mau cheiro nas axilas ou nos pés, existem algumas medidas que podem ajudar a controlar esses odores. Conheça abaixo:

 

Chulé excessivo

 

  • Faça a higiene dos pés diariamente, lavando-os bem, pelo menos uma vez ao dia. Lembre-se de de limpar entre os vãos dos dedos e a sola também;
  • O mesmo empenho na hora de lavar deve servir para quando for secar os pés da criança;
  • Reveze os calçados que a criança usa no dia a dia e lembre-se de colocá-los para ventilar, depois que ela os utilizar;
  • Prefira sempre calçados que deixam os pés respirarem. Sapatos fechados devem ser usados ocasionalmente e limpos com regularidade;
  • Use sempre meias de algodão, que ajudam a pele a respirar. O mesmo vale para as roupas;
  • Crianças que têm suor excessivo nos pés podem utilizar talco nos calçados, desde que o produto seja permitido para a faixa etária.
  • Além disso, acostume-se a trocar as meias pelo menos duas vezes ao dia;
  • O bicarbonato de sódio pode ser utilizado para matar as bactérias dos sapatos. Para isso basta colocar o produto no calçado e deixar no sol por alguns dias.

 

Odor axilar

 

  • Consulte um pediatra para verificar a presença, ou não, de distúrbios, puberdade precoce, etc, e para que o profissional possa verificar se a situação pede desodorante, inclusive considerado a idade da criança.
  • Caso seja recomendado pelo pediatra o uso de desodorantes, prefira aqueles com ingredientes naturais e evite compostos que tenham perfume, sais de alumínio e parabenos;
  • Uma receita natural para tirar o mau cheiro das axilas é esfregar um pouco de bicarbonato na região. Folhas de sálvia e suco de tomate também são de uso popular mas, o ideal é mesmo consultar um pediatra e pedir conselhos a um profissional porque, em se tratando de criança, o cuidado deve ser especial.

 

Talvez te interesse ler também:

SUOR E CC - COMO RESOLVER O MAU CHEIRO NO CORPO?