Por que as crianças japonesas vão à escola sozinhas?

crianças-japonesas

As crianças japonesas estão acostumadas desde cedo, a irem sozinhas, ou em pequenos grupos, para a escola sem que os pais as acompanhem. É normal vê-las pegarem o metrô e chegarem à escola em plena autonomia, algo impossível no Brasil. Como assim?

O Japão tem uma cultura diferente da nossa. As crianças são tão independentes quanto possível e desde cedo ir à escola por conta própria, e sem riscos, é realmente possível por duas razões principais.

Em primeiro lugar no Japão, a taxa de criminalidade é muito baixa, por isso, os pais se sentem mais seguros do que outros lugares do mundo, e transmitem a mesma segurança para as crianças. Em segundo lugar, o Japão tem um forte espírito de equipe e comunidade, portanto sejam as crianças que os adultos sabem que podem contar com a ajuda de outras pessoas em uma situação difícil.

Para reforçar este espírito de equipe nas crianças, já a partir da escola primária no Japão, as escolas formam pequenos grupos para se ocuparem da arrumação da sala de aula, das mesas nos refeitórios, da limpeza, etc.

Desta forma as crianças crescem entendendo que uma boa ação favorece todo o grupo e que um comportamento errado prejudica não somente a si mesmo mas também aos outros.

criancas japonesas escola

Estas questões foram destacadas pelo antropólogo cultural Dwayne Dixon em sua tese de doutorado. De acordo com este pesquisador, as crianças japonesas aprendem desde cedo que elas podem contar com outras crianças e com os adultos para ajudar em caso de dificuldade e, portanto, não têm medo de irem à escola sozinhas.

No Japão, há também um grande respeito dos motoristas em relação àqueles que se deslocam a pé ou em bicicleta, ainda mais se se tratar de crianças. Assim o número de acidentes é reduzido, para não mencionar que muitos japoneses preferem caminhar, andar de bicicleta ou usam o transporte público em vez do carro.

Os pais no Japão permitem que as crianças vão à escola sozinhas porque confiam nos próprios filhos mas também em toda a sociedade. Existem, certamente, crianças autônomas mesmo no Ocidente, mas a característica do Japão é dada na confiança da comunidade e na cooperação da população, de modo que todo mundo esteja realmente pronto a ajudar os outros em todos e quaisquer momentos.

Lembram-se dos japoneses na Copa 2014 no Rio de Janeiro? Pois é!

Leia mais sobre educação:

A ESCOLA ONDE AS CRIANÇAS APRENDEM COM A NATUREZA

PEDAGOGIA WALDORF: 10 PRINCÍPIOS DA FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO DE RUDOLF STEINER

ESCOLA NA CALÇADA: NA ÍNDIA, EMPRESÁRIO DÁ AULAS PARA CRIANÇAS POBRES