Como envolver a criança na atividade física?

filhos_atividade_física

Nós sempre falamos, aqui, no Green Me, da importância de ter hábitos saudáveis diariamente, dentre eles, a prática de exercícios físicos.

Praticar exercícios físicos não deve ser adotado, apenas, pelos adultos. As crianças devem ser estimuladas por estes a incluir a atividade física em seu cotidiano. 

Leia também: OMS: TEMOS QUE FAZER PELO MENOS 20 MINUTOS DE ATIVIDADE FÍSICA POR DIA

Pesquisas indicam que somente 1 em cada 3 crianças são fisicamente ativas todos os dias. Justamente nessa fase da vida em que a energia e a disposição atingem picos elevados. 

Nos Estados Unidos, as crianças e os adolescentes ficam, em média, mais de 7 horas por dia em frente de TVs, computadores, telefones e outros dispositivos eletrônicos. A consequência é que cerca de uma em cada 3 crianças sofre de excesso de peso ou são consideradas obesas. As chances de uma criança ou de uma adolescente com excesso de peso se tornar um adulto obeso são de 70%.

Naturalmente, o papel dos pais em estimular seus filhos a não serem sedentários é fundamental. A EBC preparou um roteiro com 10 formas de ajudar o seu filho a ser fisicamente mais ativo.

- Converse com o o seu filho sobre a importância da atividade física para o seu bem-estar. Se necessário, peça ao pediatra que explique a ele isso de uma forma científica.

- Encontre com o seu filho uma atividade divertida e que seja prazerosa para ele. Quanto mais ele gostar da atividade, mais chance de que dê continuidade. 

- Faça uma atividade de forma apropriada. Por exemplo, uma criança de 7 ou 8 anos de idade não está pronta para o levantamento de peso ou fazer uma corrida de 3 km, mas o futebol, andar de bicicleta e nadar são atividades apropriadas.

- Planeje. Defina bem os horários das atividades realizadas pelo seu filho, assim como se ele tem roupas, equipamentos e lugares convenientes e seguros para fazer o exercício.

- Dê brinquedos que necessitem atividades. As crianças, especialmente, precisam de fácil acesso às bolas, cordas de pular e outros brinquedos ativos.

- Seja um exemplo. As crianças que veem regularmente seus pais desfrutando esportes e atividades físicas são mais motivadas a fazê-lo.

- Brinque com o seu filho e ajude-o a aprender um novo esporte.

- Limite o tempo da TV e do computador. A Academia Americana de Pediatria recomenda não mais do que 1 a 2 horas de tempo total da tela, incluindo TV, vídeos, computadores e jogos de vídeo, a cada dia. Seja criativo e use o tempo livre para mais atividades físicas e lúdicas.

- Reserve tempo para o exercício. Algumas crianças realizam tantas atividades, como lição de casa, aulas de música e de línguas que acaba não sobrando tempo para outras atividades.

- Não exagere. Se o seu filho perder peso além de um nível médio, aceitável ou se o exercício começar a interferir na escola ou outras atividades, avalie se ele não está sobrecarregado.

Exercício e uma dieta equilibrada são a base para uma vida saudável e ativa, sobretudo, para as crianças obesas.

Pense no bem que você faz ao seu filho ensinando-o como levar uma vida saudável desde cedo, e os impactos que isso acarretará para toda a vida dele.

Leia também: 

OMS FAZ ALERTA SOBRE OBESIDADE INFANTIL