Como baixar a febre de crianças com remédios caseiros e homeopáticos

Febre em criança

Febre em criança pequena a gente se assusta, sempre. Mas a febre é um sintoma bom, saudável, que indica que o sistema imunológico da criança está batalhando pela cura. Bom, mas isso também tem limite, claro. Até 38,5 º C de temperatura medida na axila ou na testa dá bem para a gente manter a criança sem nenhum remédio para febre.

Claro que tudo tem a ver com como a criança está se sentindo porque, criança também tem dor de cabeça quando tem febre e, aí gente, não dá. Então, vou ensinar aqui alguns remedinhos caseiros que eu sempre usei com meus filhos e netos, e deram certo na maior parte das vezes.

Verdade que, lá em casa sempre usamos homeopatia - o Guia de Medicina Homeopática do Dr. Nilo Cairo, que já vai na 24ª edição, sempre foi o melhor orientador para a escolha dos medicamentos que usamos pois, permite a leitura e confronto de sintomas versus reações do emocional, muito importante fator a se tomar em conta para qualquer tratamento, seja lá do que for. Bom, mas como eu dizia, uma família que usa homeopatia desde o começo do século XX já tem seus remedinhos consagrados.

Então, lá vamos nós: criança pequena amanhece com febre? Observe as gengivas, as evacuações, a cor da bochechas e se há manchas vermelhas pelo corpo, peito, barriga, costas, atrás das orelhas, se a criança está quietinha, moidinha, pálida, lacrimosa, ou se está com as bochechas vermelhas, olhos brilhantes, agitada. Dê uma espiada na garganta do filhote - sei que é difícil mas, tente. Sinta o cheiro do hálito do bichinho - problema de garganta, catarro, inflamação, infecção, se sente também pelo cheiro do arzinho, que é desagradável.

O cheiro da febre também tem significado - meio azedo, quente. Isso tudo vale para bebês e crianças em geral, claro. E depois confronte esses sintomas todos com as descrições do Nilo Cairo, se preferir usar homeopatia.

Alguns remedinhos caseiros para ajudar a baixar a febre alta de crianças, e não só

* Vou dar aqui algumas dicas diretas, para facilitar sua vida de mãe: minha avó sempre usava um conjunto de remédios homeopáticos, nessas circunstâncias - o famoso trio “Aconito, Bryonia e Beladona” na dinamização cH 6. Este trio serve para febres de origem desconhecida que tenham ou não catarro no nariz, garganta ou brônquios. 

* Mas, você pode também usar só a beladona cH6, se a febre, acima dos 38,5ºC, for acompanhada de bochechas vermelhas, olhos luzidios, agitação. Também pode usar o gelsemiun cH6, se a criança estiver pálida e parada, quieta demais. 

* Nada melhor para fazer baixar a febre de um bebê pequeno é besuntar as plantas dos pés com mel e embrulhar numa fralda (de pano, claro). Para os mais pequeninos essa forma, apesar de melada, é mais agradável do que fazer compressas frias de água com limão, que também são ótimas e efetivas - as compressas devem ser colocadas debaixo dos joelhos, embrulhando as plantas dos pés e debaixo das axilas. Mas mantenha o corpo da criança em equilíbrio térmico, nem muito aquecida, nem resfriada. Também já usei muito compressas frias com rodelas finas de batata e de cebola, na planta dos pés.

* Aliás, a cebola é um grande aliado das mães de bebês que mamam e estão resfriados, com nariz entupido e febris. Abra uma cebola, tire uma metade da casca branca, interna, ponha em um copo de água e bata, suavemente, com um garfo. Dê, desta água de cebola, ao seu bebê, em colheradinhas de café ou chá (depende do tamanho da criança, claro), de tempos em tempos. Isso se chama um “plus” de cebola.

O que é um ”plus”?

Nós que usamos homeopatia chamamos de “plus” à diluição do remédio homeopático em um pouco de água, um copo, que é batido, mexido, antes de cada toma. O “plus” é usado, geralmente, em situações de crise, como quando a febre da criança sobe de repente e não se conhece ainda sua causa específica pois, essa forma amplia, a cada vez que você bate, a dinamização do remédio, seja ele gotas, bolinhas ou cebola, ou outra planta qualquer, o que ajuda na assimilação do organismo e aumenta sua potencia curativa, à medida que passa o tempo.

Seja um plus de cebola ou qualquer remédio homeopático, a forma de tomar é sempre a seguinte: uma colherinha de chá ou café, de quinze em quinze minutos, nas primeiras duas horas, e depois vai espaçando, durante o dia e nos dias seguintes (de hora em hora, duas em duas, enfim, até atingir, no dia seguinte, 4 vezes ao dia. Deve-se tomar por 3 a 5 dias assim, nesse ritmo de 4 vezes ao dia até que o corpo se restabeleça).

O vinagre também é um grande aliado nessas horas. Você pode fazer compressas com vinagre e água, fazer um banho morno de imersão em que dilui um copo de vinagre.

E, é muito importante deixar a criança suar, fora de corrente de ar, claro, e depois dar um banho bom, que pode ter misturado na água um chá de camomila, por exemplo. O suor é o jeito do nosso organismo de expulsar as toxinas e, quando facilitamos o suadouro, esse processo é mais efetivo.

E a alimentação de uma criança febril, o que é melhor?

Quando sua criança estiver febril é natural que não sinta apetite então, não se desespere pois, de fome ela não vai sofrer se você oferecer uma sopinha leve com ingredientes de que ela goste, ou batatas cozidas temperadinhas com manteiga, ou um macarrãozinho passado no alho e óleo, por exemplo. Esse, o macarrãozinho é o preferido da minha neta, nesses casos.

O importante é dar uma comidinha leve, saudável e que criança consiga comer, um pouquinho que seja. Tem criança que gosta de mingau, sopa de fubá, canja de galinha, cenoura cozida. Evite doces, especialmente os que tenham leite, que sejam industrializados, ou até o chocolate que, por ser alimento muito quente, vai dificultar a digestão e agitar a criança que não se sente bem.

Mantenha as ofertas de alimentos nos horários habituais da criança e incremente as ofertas de líquidos pois, na verdade, o fundamental é que a criança se mantenha bem hidratada. E boa hidratação se faz com água pura, chás de seu agrado ou sucos de frutas. No caso dos bebês que tomam mamadeira, você pode dar sucos de frutas, chazinhos e aquela água de cebola que falei acima.

Evite o leite se a criança estiver com catarro - leite e catarro não dão certo, um exacerba o outro e se entra naquele ciclo vicioso de pós-resfriado com nariz escorrendo, brônquios cheios, etc, que nada mais é do que o efeito do leite de vaca no organismo humano, produzir muco.

Leia também:

seta

PLANTAS QUE PODEM SUBSTITUIR O PARACETAMOL E O IBUPROFENO

seta

CURAS E REMÉDIOS NATURAIS PARA GRIPES E RESFRIADOS

seta

CONHEÇA OS SINTOMAS DA DENGUE, ZIKA, CHIKUNGUNYA E GRIPE