A escolinha que ensina as crianças a cultivarem o próprio alimento

Nursery Fields Forever

A agricultura pode ir à escola? Claro que sim! E foi isso que demonstraram os pesquisadores italianos que acabaram de ganhar o concurso AWR International Ideas Competition com o projeto Nursery Fields Forever, uma proposta que combina agricultura urbana com educação infantil.

Edoardo Capuzzo Dolcetta, Gabriele Capobianco, Davide Troiana e Jonathan Lazar tinham em mente uma única ideia: aproximar as crianças da natureza e deixá-las longe do bombardeio digital a que são expostas hoje em dia. Não é difícil, basta querer!

A equipe que trabalha em Roma, desenvolve o que vem a ser chamado de "agricultura pré-escolar”, ensinando as crianças sobre a origem do alimento e também como cultivá-lo. De acordo com o projeto, podemos perfeitamente ensinar as crianças a cultivarem e a colherem seus próprios alimentos, assim como a interagirem com os animais, aprender sobre energia renovável a partir de turbinas eólicas e dos painéis solares que serão instalados no Nursery Fields Forever.

Um pouco fazenda, um pouco escola, o projeto segue três abordagens para o aprendizado: aprender com a natureza, aprender com a técnica e aprender com a prática. "Nós pensamos que as crianças devem estar em contato com a natureza - explica Edoardo Capuzzo Dolcetta - por isso criamos esta escola estranha: sem salas de aula e com espaços abertos onde os vegetais crescem e os animais estão livres. É uma mistura das duas coisas, escola e natureza".

A escola é concebida como um grupo de edificações em meio a uma grande variedade de hortas e recintos para os animais.

À base desta estrutura, portanto, está o objetivo de introduzir as crianças ao ambiente rural, fazendo-as interagirem diariamente com elementos da natureza. Uma ideia que poderia também ajudar as crianças a melhorarem suas habilidades sociais através do trabalho em equipe, incentivando a auto-estima e promovendo estilos de vida saudáveis.

Ah se todas as escolas fossem assim :)

Leia Também:

seta

MUSE: A PRIMEIRA ESCOLA VEGANA NOS ESTADOS UNIDOS

seta

NO URUGUAI NASCE UMA ESCOLA FEITA COM PNEUS, GARRAFAS E LATAS REUTILIZADAS

Fonte e fotos: greenme.it