Aprenda a fazer massa de modelar e brinque com as crianças

Brincar de massa de modelar é uma atividade que as crianças adoram (e também alguns adultos!). Muitas massinhas de modelar vendidas contêm elementos químicos tóxicos, podendo ser perigosas se ingeridas pelas crianças. Uma boa alternativa é você fazer junto com as crianças uma massinha para modelar

Além de ser divertido o preparo, é uma oportunidade para que você participe, também, da brincadeira junto com elas!

Comece colocando todos os ingredientes em uma panela (esse passo pode ser feito pelas crianças). Depois, será a hora de cozinhar a massa. A chave para se obter uma boa massa de modelagem é mexê-la constantemente enquanto ela é cozida em fogo baixo e, depois, retirar a panela do fogo antes que a mistura esteja totalmente cozida.

Enquanto a massa esfria, o aspecto pegajoso vai desaparecendo. Depois, você terá que amassá-la em uma mesa fria ou na pia, até que fique suave e com uma textura homogênea.

foto

Fonte: shutterstock

Você vai precisar de poucos ingredientes para preparar a massa.

Confira os ingredientes para 3 tipos de massa:

1. Massa calmante de lavanda

– 1 ½ copo de farinha

– 6 colheres de sal

– 3 colheres de creme tártaro

– 2 colheres de aceite

– 1 ½ copo de água

– Flores de lavanda secas (opcional)

– 10 gotas de azeite essencial de lavanda

– Corante violeta comestível

2. Massa harmonizadora de rosa

– 1 ½ copo de farinha

– 6 colheres de sal

– 3 colheres de creme tártaro

– 2 colheres de azeite

– 1 ½ copo de água

– Pétalas de rosa (secas)

– 10-15 gotas de azeite essencial de rosas

– Corante vermelho ou rosa comestível

3. Massa revigorante cítrica

– 1 ½ copo de farinha

– 6 colheres de sal

– 3 colheres de creme tártaro

– 2 colheres de azeite

– 1 ½ copo de água

– Raspas de laranja

– 10 gotas de azeite essencial de laranja

foto

Fonte: labioguia

Os resultados serão massinhas para modelar coloridas, aromáticas, fáceis de manipular e, claro, naturais.

Lembre-se de guardá-las em um recipiente bem vedado para evitar que se sequem. Uma sugestão é guardá-las na geladeira.

Fonte foto capa: shutterstock

É doutora em Estudos de Linguagem, já foi professora de português e espanhol, adora ler e escrever, interessa-se pela temática ambiental e, por isso, escreve para o GreenMe desde 2015.