O verde perto das escolas acelera o desenvolvimento cognitivo das crianças

verde perto escolas acelera desenvolvimento cognitivo crianças

Coloque uma escola com um espaço verde ao lado: ela irá beneficiar o desenvolvimento mental das crianças que a frequentam.

Isso mesmo! De acordo com pesquisadores do Centro Espanhol de Investigação em Epidemiologia Ambiental, existe uma ligação entre a exposição a espaços verdes em uma escola que está localizada na cidade, e o desenvolvimento cognitivo das crianças nos graus elementares. O contato com a natureza (fora da escola, e também nos arredores de casa), desempenham um papel fundamental e insubstituível no desenvolvimento do cérebro das crianças.

O estudo, publicado na PNAS, foi baseado no monitoramento a cada três meses (entre janeiro de 2012 e março de 2013) das medidas cognitivas de quase 2.600 crianças, de 7 a 10 anos de idade em Barcelona.

Durante um período de 12 meses, a exposição ao verde e em torno das escolas, tem sido associada a uma maior capacidade mental de manipular continuamente e de atualizar as informações com facilidade. Além disso, registrou-se uma maior capacidade de memória e uma desatenção reduzida, independentemente da etnia, da escolaridade materna e do emprego dos pais.

Leia também: Diferenças entre ricos e pobres impactam na aprendizagem

"Também descobrimos que o tráfego relacionado com a poluição do ar, tem um impacto entre 20 e 65% sobre o vínculo entre o verde ao redor de escolas e o desenvolvimento cognitivo. Parte da influência observada do espaço verde no desenvolvimento cognitivo, poderia ser mediada pela capacidade dos espaços verdes em reduzir a poluição do arrelacionada negativamente com o desenvolvimento cognitivo", diz Payam Dadvand que liderou o estudo.

Observou-se a mesma ligação entre os espaços verdes e as casas. Dado o número crescente de pessoas que vivem em áreas urbanas, a pesquisa sugere que a expansão de espaços verdes perto de casa poderia "resultar em uma vantagem no capital mental da população", diz Jordi Sunyer, um dos autores.

Em suma, mais uma vez sai vencedora a política que apoia a criação de áreas verdes, sobretudo nas cidades e nas áreas mais frequentados pelas crianças!

Leia também: 

As incríveis fotos de “Escolas?” públicas no Brasil

Ensinando a ser gente: escola inova em método de ensino

Muse: a primeira escola vegana nos Estados Unidos