©Matthieu Joannon/Unsplash

Macho quanto mais inseguro mais come carne

Macho quanto mais inseguro mais come carne

Você sabia que homens que comem carne vermelha habitualmente, podem ter como causa um sintoma de insegurança com a sua masculinidade? Pelo menos é isso o que pesquisadores do Canadá, da Universidade de Lethbridge, em Alberta, estão identificando.

O consumo habitual, e às vezes excessivo de carne vermelha, pode estar relacionado a uma síndrome conhecida como estresse de masculinidade.

A preocupação com a masculinidade e o consumo de carne vermelha

Homens inseguros com sua masculinidade tentam reduzir esse sentimento com um aumento do consumo de carne vermelha.

Ainda não se tem uma conclusão sobre o porquê dessa preferência, mas ocorre uma espécie de simbologia no consumo de carne à uma maior masculinidade. Uma das explicações para isso é o fato da carne contribuir para o aumento dos músculos o que, por sua vez, tem relação com força e virilidade.

Os estudos realizados

Os pesquisadores reuniram voluntários do Reino Unido, EUA e Canadá e buscaram uma relação entre a existência de um estresse de masculinidade e o desejo de consumir carne.

O estresse foi observado em homens que não estavam satisfeitos com sua integração no mundo masculino e desejavam ocupar um espaço maior nesse universo. Para isso, percebiam sinais em campanhas de marketing e comportamentos sociais que vinculavam o consumo de carne à algo que atraia as mulheres e possibilitava participar dos círculos masculinos com maior aceitação.

Talvez te interesse ler também:

Masculinidade tóxica: conceito, exemplos e como combater os mitos do homem ideal

Green não é Macho: os homens consideram a ecossustentabilidade pouco viril

Por que mulheres são maioria no Movimento Vegano? Cadê os homens?

Desmonetize: o movimento que funciona porque mexe no bolso do orgulho macho

Inveja masculina: ela existe é mais comum do que você imagina

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *