©History Of Soccer/Unsplash

Gol de placa: Irlanda pagará salários iguais para equipes femininas e masculinas de futebol

Gol de placa: Irlanda pagará salários iguais para equipes femininas e masculinas de futebol

O futebol, na Irlanda, acaba de fazer um golaço pela igualdade de gênero.

A Federação Irlandesa de Futebol (FAI) anunciou, no início desta semana, um acordo com os representantes das equipes femininas e masculinas para que os jogadores recebam os mesmos salários em competições internacionais.

De acordo com a Euro News, o acordo “histórico” terá “efeito imediato” para os jogos internacionais já a partir do mês de setembro. Os bônus de qualificação para torneios de futebol também serão pagos igualmente. A FAI comunicou que:

“Tem o orgulho de anunciar que os jogadores que representam as seleções masculinas e femininas da República da Irlanda receberão as mesmas taxas de jogo em jogos internacionais”.

A capitã feminina da seleção da Irlanda, Katie McCabe, celebrou a conquista:

“Demos um grande passo em frente com este acordo e mostramos ao mundo o que pode ser alcançado através da união, já que oferecemos aos jogadores internacionais masculinos e femininos as mesmas oportunidades.”

Já o capitão da seleção masculina, Séamus Coleman, explicou que os jogadores fizeram o possível para concretizar o acordo, já que as equipes masculinas concordaram em reduzir suas taxas internacionais para contribuir com os salários da equipe feminina:

“Estamos muito satisfeitos como jogadoras por fazermos o que podemos para garantir que nossas jogadoras internacionais sejam tratadas com igualdade e justiça e continuamos totalmente comprometidos em fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para alcançarmos esse objetivo juntos”.

A Inglaterra e a Noruega já se comprometeram publicamente a seguir o exemplo da Irlanda de pagar às jogadoras e aos jogadores remunerações equânimes em partidas internacionais.

Que esse “exemplo” passe a ser a regra, e não a exceção!

Talvez te interesse ler também:

Câmara aprova projeto para combater pobreza menstrual

Mães cansadas, mulheres esgotadas física e psicologicamente. O que fazer?

A vida começa aos 50, principalmente para as mulheres de hoje

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *