Cocaína ética: tem greenwashing até no comércio ilegal de entorpecentes

Cocaína ética: tem greenwashing até no comércio ilegal de entorpecentes

Greenwashing para quem não sabe ou nunca ouviu falar, é uma tática comercial, marketing, onde empresas vendem produtos maquiados de verde. Como assim? Sabe aquela publicidade 100% natural escrita bem grande na embalagem? Pois é! Precisa ficar atento e desconfiar de tudo. O greenwashing é tão eficaz que chegou até no tráfico de drogas.

Parece fake news mas tem gente vendendo cocaína ética, dizendo que o produto é “do bem”, fabricado dentro do comércio justo (com pagamento justo aos trabalhadores), sem violência envolvida e sem impactos ao meio ambiente.

Pasmem! Essa moda pegou no Reino Unido entre os usuários ricos, pois o valor seria de £200 o grama, ou seja, mais de R$ 1.400 por grama da droga. Contudo, como há de se imaginar, isso é literalmente marketing para inglês ver.

Não existe nenhuma “ética” no comércio ilegal de drogas pelo simples fato de ser ilegal e portanto, zero controle do governo.

O que acontece ali é a distribuição de um produto originário da Colômbia e da América do Sul, produzido mediante violência e MUITO desmatamento.

Como explicou a funcionária de agência humanitária colombiana Bibiana Villota ao Mirror:

“Posso dizer que ninguém na Colômbia produz cocaína eticamente. O comércio envolve inevitavelmente derramamento de sangue, a desestabilização de comunidades e um ciclo terrível de violência. Se a demanda aumenta, a produção também aumenta e o ciclo de destruição continua. O que você chama de cocaína de comércio justo só vai trazer mais ganância e derramamento de sangue.”

Danos ambientais

Apelida de woke coke, o consumo dessa droga, segundo especialistas, estaria contribuindo para o desmatamento na seguinte proporção: para cada grama de pó aspirado na Grã-Bretanha, 4 metros quadrados de floresta tropical são derrubados.

Os traficantes mentem enquanto o governo não tem, ou não quer ter, controle da situação. A quantidade de dinheiro que o tráfico faz circular é assustadora: cerca de £ 2,5 bilhões anualmente somente no Reino Unido.

E não é só desmatamento:

“Elementos nocivos do comércio de cocaína não podem ser evitados – as florestas estão sendo destruídas e os produtos químicos perigosos usados ​​para produzir as drogas são despejados nas águas”, diz Lawrence Gibbons, Chefe do Drug Threat no National Crime Agency.

Ecologicamente preocupados

No Reino Unido é proibido comprar, portar, fabricar e vender drogas, incluindo cocaína. Acontece que essa é uma droga de certa forma tolerada pela sociedade, porque usada por pessoas abastadas e famosas. Agora, a cocaína ética seria greenwashing para atingir os ecologicamente preocupados com o meio ambiente, mais do que com a própria saúde.

A denúncia está feita lembrando que qualquer tipo de tráfico, ou seja, de comércio ilegal de coisas, incluindo vidas, envolve violência, chantagem, danos ambientais, sociais e, principalmente, muito dinheiro não declarado indo sabe-se lá para as mãos de quem.

Para não fomentar esse tipo de crime é simples, não use drogas. Sua saúde e o meio ambiente agradecem. Só os traficantes lamentam.

Talvez te interesse ler também:

Tráfico de animais, um crime perverso sustentado por você!

Lista com animais selvagens e raros busca aumentar mercado de Pet no Brasil

Para evitar futuras pandemias: petição online para acabar com o comércio de animais silvestres

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *