No México, o Día de Muertos, uma festa que celebra a vida

No México, o Día de Muertos, uma festa que celebra a vida

No México, o Día de Muertos é uma ocasião para se celebrar a vida com muita cor e alegria! Trata-se de uma festa considerada patrimônio cultural imaterial da humanidade, realizada entre os dias 31 de outubro a 2 de novembro, onde flores cor-de-laranja, altares e máscaras ultra-super coloridas fazem o cenário desta festa tão popular e de tradições indígenas.

A festa é realizada, além do México, em vários países da América Central e em comunidades mexicanas nos Estados Unidos. Hoje esta comemoração é simplesmente Patrimônio Mundial da UNESCO.

Existem relatos de que origem desta celebração venha de povos astecas, maias, purépechas, náuatles e totonacas que cultuavam a vida de seus ancestrais, a morte e o renascimento.

Apesar do tom macabro e de tristeza que a morte evoca, o Día de Muertos é uma das festas populares mais animadas do mundo, onde ironia e diversão não faltam. Talvez o segredo esteja nas cores que também constituem uma das principais características do México.

dia dos mortos 2

No Día de Muertos, crianças, jovens e adultos se vestem de esqueletos coloridos, dançam e desfilam celebrando a vida pois, a morte é uma passagem alegre da própria vida.

Segundo a crença popular, entre os dias 1 e 2 de novembro, propriamente o dia dos mortos, os mortos vêm visitar seus parentes e amigos, e estes devem ser recebidos com alegria, comida, música e muito doce.

As pessoas, para receberem seus entes queridos que já se foram, preparam os pratos preferidos dos mortos, enfeitam suas casas com velas, incensos, flores coloridas e fazem muita festa!

dia dos mortos 3

Não há sangue, nem abóboras, nem teias de aranha, nem as bruxas e os zumbis pois, esta festa não é o Halloween.

No Halloween, veste-se de monstros e de outras figuras assombrosas para que os mortos tenham medo e se afastem da gente enquanto no Dia dos Mortos no México, os falecidos são recebidos com muita alegria e zero medo.

O Día de Muertos, segundo a UNESCO, é

“uma das representações mais relevantes do patrimônio vivo do México e do mundo, e uma das expressões culturais mais antigas e de maior força entre os grupos indígenas do país”.

dia dos mortos 4Fotos de ​Chad Santos

Ao celebrar os antepassados, esta festa afirma a identidade de um povo, suas origens indígenas e vê a morte como uma passagem que não precisa ser triste nem assustadora, mas alegre e divertida.

Viva os mortos!

Talvez te interesse ler também:

A imperdível Lua Azul do Dia das Bruxas 2020: um fenômeno raro!

A vida da morte: pura poesia sobre vida e morte em um curta-metragem

Fantasias de Halloween criativas e fáceis de fazer em casa

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *