Chapados na quarentena: filas nos coffeeshops da Holanda para estocar maconha

Que papel higiênico que nada. Na Holanda, as pessoas estão preocupadas mesmo em garantir o estoque de maconha. No domingo (15), os holandeses correram para os coffeeshops depois que o governo decretou não só o fechamento de creches e escolas de todos os níveis, mas também de bares, restaurantes, academias de ginástica e sex shops.

Todos fazem fila para os suprimentos. Não de máscaras, nem papel higiênico ou macarrão”, publicou o jornal italiano La Repubblica sobre a situação no país, onde filas se formaram na porta dos coffeeshops – estabelecimentos onde se pode comprar e consumir maconha legalmente – depois do comunicado repentino do governo, no fim da tarde de domingo, anunciando uma quarentena que se iniciaria na segunda-feira (16), com previsão de término para o dia 6 de abril.

Se a reação da população pode parecer engraçada, o governo holandês não brinca em serviço: ainda de acordo com o La Repubblica, o gabinete do primeiro-ministro Mark Rutte já está trabalhando em uma série de medidas para mitigar os impactos econômicos e ajudar empreendedores em dificuldade, seja com a redução das horas de trabalho, seja com empréstimos subsidiados.

https://twitter.com/dannyvankooten/status/1239231334729625600?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1239231334729625600&ref_url=https%3A%2F%2Fnltimes.nl%2F2020%2F03%2F15%2Fpeople-race-buy-last-minute-weed-coronavirus-rules-shut-dutch-coffeeshops

https://twitter.com/SpongeBobCatz/status/1239239109413044224?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1239239109413044224&ref_url=https%3A%2F%2Fnltimes.nl%2F2020%2F03%2F15%2Fpeople-race-buy-last-minute-weed-coronavirus-rules-shut-dutch-coffeeshops

Talvez te interesse ler também:

Coronavírus: fumantes têm mais que o dobro de chances de acabar em terapia intensiva

Coronavírus: Reino Unido diz que a epidemia deve durar um ano

Coronavírus: como fortalecer a imunidade e prevenir contágios para evitar o drama da quarentena

Sobre Daia Florios

Daia Florios
Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É fundadora e redatora-chefe em GreenMe Brasil.

Veja Também

“Gorda na Lei”: um projeto para combater a gordofobia

Gorda na lei é um projeto criado por uma advogada, Mariana Vieira de Oliveira, e …