É o Tchan para animar as egípcias do vôlei de praia

egitoxitalia

“O califa tá de olho no decote dela” e a torcida brasileira, animada por si só, vai ao delírio porque conhece bem essa música. Mas será que as egípcias ouviram Aaaaalibabá????

Fazendo história nas olimpíadas, Doaa Elghobashy e Nada Meawad se apresentaram nas areias de Copacabana vestidas como bem quiseram. Ótimo, respeito às diferenças, isso é espírito olímpico. Além disso, elas estão entrando para a história do esporte por serem as primeiras egípcias a disputarem uma Olimpíada na modalidade vôlei de praia.

Estava vendo ontem, 9, pela TV o beach volley feminino Egito contra a Itália, quando ouvi a “Dança do Ventre” do É o Tchan e fiquei pensando em como esse Brasil é louco. É lindo, animado, tudo é festa! Pensei: será que é um convite às egípcias a tirarem aquela roupa, sobretudo por causa do calor, pensei. Mas daí hoje vi no UOL que a intenção do Dj era deixar as jogadoras do Egito em casa, e que as meninas não perceberam a música mas agradeceram o carinho.

Bom, pessoalmente acho que tinham outras músicas mais adequadas para deixar as atletas do Egito em casa. Aliás ainda ainda bem que elas não ouviram nem entenderam a letra. E para finalizar, que o Califa (chefe de Estado de um Califado, liderança política no mundo islâmico) não fique sabendo.

Mais sobre as Olimpíadas:

DANIELE, FLÁVIA E MARTA - GUERREIRAS BRASILEIRAS, COM OU SEM MEDALHAS

OLIMPÍADAS DA INCLUSÃO: CONHEÇA A DELEGAÇÃO DOS REFUGIADOS

YUSRA MARDINI - OLIMPÍADAS RIO 2016

Fonte foto: Rio2016