Os 10 países onde se vive melhor independentemente do seu PIB

PIB

Há tempos que o PIB sozinho não é mais visto como um bom medidor do sucesso e do bem-estar de um país. O PIB, por exemplo, não leva em conta os efeitos do crescimento econômico sobre a saúde da população e o meio ambiente, nos revelando apenas o desempenho econômico de um país, sem indicar as melhorias na vida das pessoas. Hoje vamos falar do Social Progress Index o índice que mede o progresso nacional dos países, e os 10 países que obtiveram as melhores colocações neste ranking.

Embora os Estados Unidos tenham o maior PIB do mundo em termos de progresso econômico, o Social Progress Index os coloca no 16º lugar do ranking, porque a sua riqueza não coincide com o bem-estar da sua população com relação às melhores condições de educação ou às medidas de segurança implementadas pelo país.

De acordo com Michael Green, fundador do índice, a principal falha dos países que não se encontram no Top 10 do ranking é a falta de uma ampla rede de segurança. Outros problemas que ainda afetam um número significativo de países são a desigualdade social e a pobreza.

Para avançar o progresso social de um país, é necessário melhorar a vida dos mais pobres. Se o consumo diminui, mas a alegria de vida aumenta, isso significa que estamos em um país feliz, onde reina o verdadeiro bem-estar.

O Social Progress Index avalia 3 dimensões:

* Necessidades Humanas Básicas (alimentação e assistência médica, habitação, saneamento básico e segurança)

* Fundações para o Bem-estar (acesso à educação básica, à informação e à comunicação, saúde e bem-estar, sustentabilidade - que engloba emissões de gases, biodiversidade etc) e  

* Oportunidades (direitos humanos, tolerância e inclusão, liberdade pessoal, de escolha e acesso à educação de nível superior) 

Tais dimensões são pouco levadas em consideração pelos países que pensam acima de tudo, no crescimento econômico. 

O índice deste ano comparado ao ano passado, tem a Noruega que superou a Suécia e ocupa o primeiro lugar do ranking. No top 20 estão principalmente países europeus: Suécia, Noruega, Finlândia, Islândia, Dinamarca e Holanda.

Estes são os países Top 10 do Social Progress Index 2015.

1. Noruega

2. Suécia

3. Suíça

4. Islândia

5. Nova Zelândia

6. Canadá

7. Finlândia

8. Dinamarca

9. Holanda

10. Austrália

Brasil

42° no Índice de Progresso Social

Brasil no Ranking Progresso Social

74° para Necessidades Humanas Básicas:

Nesta dimensão, o Brasil obteve pontuação muito baixa nos quesitos relativos à segurança pessoal: taxas de homicídio, criminalidade, violência policial e morte por tráfico são os pontos fracos que o país tem de melhorar.

30° em Fundações para o Bem-estar:

Nesta dimensão, o Brasil obteve pontuações mais altas no quesito acesso ao conhecimento básico mas ficou mal no componente sustentabilidade do ecossistema. 

Os seus pontos fracos seriam captações de água como porcentagem de recursos (sustentabilidade) e obesidade (saúde e bem-estar). Isso mesmo! Os brasileiros estão obesos

32° em Oportunidades: 

Na dimensão Oportunidades, o Brasil teve pontuações mais altas em direitos humanos e no acesso à educação de nível superior, seus pontos fortes, embora a desigualdade na consecução da educação seja um ponto fraco a ser melhorado.

Concorda com o índice?

Veja todas as notas brasileiras aqui e o índice geral aqui.

Leia também: O país mais feliz da Terra