Conheça a polícia que oferece um urso Teddy para acabar com traumas da população

um urso Teddy para acabar com traumas da população

Pesquisa recente revelada pelo jornal Folha de São Paulo apontou que, em média, a policia brasileira mata 6 pessoas a cada dia, em todo o país. Os números são estarrecedores, já que as forças policiais são auxiliares do Estado com a finalidade de manutenção de ordem pública e prevenção e combate a crimes. Com esses números, a população tende a ficar cada vez mais com medo e afastada dos profissionais que deveriam fornecer segurança e proteção. Mas eis uma noticia que te fará acreditar que um mundo melhor é possível. Conheça um novo paradigma de proteção policial.

No Reino Unido, ursos de pelúcia para a população

Grupos sociais, no Reino Unido, como o TKO – The Kindness Offensive, ou algo como A Bondade Ofensiva, em livre tradução – tentam auxiliar as forças policiais a se manifestar de forma mais afetuosa à população. Quer saber como? Oferendo ursos de pelúcia, para que os policiais não pareçam tão assustadores às crianças.

Com o nome de Teddy Kindness Campaign, trata-se de uma iniciativa conjunta entre polícia e o TKO, para eliminar o trauma sofrido por crianças em visitas policiais. Isso porque, segundo pesquisas realizadas pelo TKO, os encontros com a polícia, em atos de cumprimento de funções, podem ter efeitos traumáticos de longo prazo sobre o público infantil.

Afinal, são elementos como uniforme, armas e a ligação com a violência e o medo, que levam os cidadãos – de todas as idades – a se sentir oprimidos frente à polícia.

O grupo, então, produziu milhares de ursinhos de pelúcia especiais, para ser distribuídos aos departamentos de polícia por todo o país. Todas as delegacias já aderiram à campanha e o TKO apenas aguarda o prefeito de Londres, Boris Johnson, para o lançamento oficial da ação.

Sobre o The Kindness Offensive

Misto de ação social e grupo de humor, o The Kindness Offensive foi criado em 2008 e empreende ações que façam com que as pessoas possam se divertir, enquanto aprendem e se relacionam de forma inusitada. Tudo isso para, segundo o grupo, “fazer com que a bondade domine o mundo”.

Para finalizar vamos combinar uma coisa? Tem muita gente que adora falar mal do Brasil, da sujeira, da corrupção, da falta de educação e de tantas, mas tantas, outras coisas. Estas mesmas pessoas, muitas vezes são a favor da pena de morte, da repressão policial e de acabar com os pobres desgraçados bandidos brasileiros (os do andar de baixo, deixemos claro).

O exemplo que vem da Europa não são as joias da rainha Elisabeth e sim o valor à vida. Vamos pensar nisso, gente?

Leia também: A cidade alemã que oferece cerveja aos desempregados alcoólatras como incentivo para limparem as ruas

Fonte fotos: facebook.com