Reduzir, reinventar e restaurar: os três princípios para nova turnê de Coldplay em 2022

Reduzir, reinventar e restaurar: os três princípios para nova turnê de Coldplay em 2022

A banda britânica Coldplay anunciou uma temporada de shows em 2022 que promete ser eletrizante e o mais sustentável possível.

A turnê “Music Of The Spheres” terá início em março e contará com uma série de iniciativas para mitigar o impacto ambiental nos shows.

Ao longo dos 30 dias ao redor do mundo, os britânicos prometem “reduzir o consumo”, usar fontes de energias renováveis, reciclar e cortar as emissões de CO2 em 50 %.

Fundada em 1996, a banda de rock alternativo passará pela América Central, América do Norte e Europa e, por último, Rio de Janeiro, no Rock in Rio 2022 em setembro.

E não para por aí! Além da divulgação do 9° álbum, a banda promete mais ideias para a turnê sustentável:

  • a banda irá pagar uma sobretaxa por um combustível aéreo mais sustentável;
  • os palcos serão construídos de materiais reutilizáveis (como bambu e aço reciclado) que possam ser reaproveitados ao longo da turnê;
  • painéis solares, baterias móveis e recarregáveis irão alimentar a produção do palco;
  • um “piso cinético” será instalado sobre o solo dos estádios para captar os movimentos dos fãs, convertendo-os em energia para abastecer o palco;
  • as telas LED, os sistemas de som, de laser e de iluminação serão substituídas por equipamentos que reduzam em até 50% o consumo de energia;
  • as pulseiras iluminadas usadas pelos fãs serão feitas de materiais compostáveis ​​e reutilizadas, com a produção das pulseiras reduzida em 80%;
  • os confetes usados ​​serão biodegradáveis e terá copos reusáveis de alumínio para as bebidas durante o show;
  • os alimentos à venda serão providos por fornecedores locais ou fazendas que trabalhem com agricultura regenerativa;
  • o lixo orgânico proveniente da alimentação será compostado sempre que possível;
  • uma árvore será plantada para cada ingresso vendido (como parte do projeto “One Tree Planted”).

O quarteto britânico tem três grandes objetivos: reduzir, reinventar e restaurar:

“Ao mesmo tempo, estamos muito conscientes que o planeta está enfrentando uma crise climática. Então, nós passamos os últimos dois anos consultando especialistas no meio ambiente para tornar essa turnê a mais sustentável possível e, tão importante quanto, aproveitar o potencial da turnê para levar as coisas para frente. Não vamos acertar em tudo, mas estamos dispostos a fazer tudo que podemos e compartilhar o que aprendemos. É um trabalho em progresso e estamos realmente gratos pela ajuda que tivemos até agora.”

A preocupação da banda com questões ambientais não é recente. O cantor Chris Martin é um dos embaixadores do Global Citizen e há anos colabora na busca por soluções para diminuir o impacto ambiental, repensando não apenas as logísticas de seu trabalho, mas também a sua influência como artista para chamar atenção à causa ambiental.

O plano de sustentabilidade para a banda pode ser um modelo a ser seguido e aperfeiçoado, tendo em vista que shows de música ao vivo podem ter um impacto significativo no meio ambiente.

Talvez te interesse ler também:

Micrashell: o traje anti-coronavírus para ir a festas e shows 

Viva o rock! Show teste em Barcelona dá exemplo de protocolo contra a Covid 

Angelina Jolie: “usamos roupas velhas e reciclamos minhas roupas” 

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *