Santa Bárbara: protetora dos raios, trovões e tempestades. História e oração

Santa Bárbara: protetora dos raios, trovões e tempestades. História e oração

Dia 04 de dezembro é dia de Santa Bárbara, protetora dos raios, trovões e tempestades.

Sendo o Brasil o país com maior incidência de raios em todo o planeta, é sempre bom contar com mais essa proteção.

Segundo o escritor e historiador Laurentino Gomes, conforme ele publicou em sua página no Twitter, “Santa Bárbara nasceu em Nicomédia, atual Turquia, no final do século III. Por se recusar a abrir mão da virgindade, teve os seios decepados e foi degolada a mando do próprio pai, Dióscorus. Durante o martírio, um relâmpago atravessou o céu, seguido de um forte trovão”.

Ainda segundo Laurentino, Santa Bárbara é uma das mais importantes personagens da religiosidade negra no Brasil.

Iansã

Na umbanda e no candomblé nagô/iorubá da Bahia é sintetizada com Iansã, orixá dos relâmpagos, trovões e tempestades, e sua imagem está intimamente ligada à história da escravidão.

Em sua publicação, Laurentino ainda ensina uma oração que, segundo ele, reflete o sofrimento, agruras e resistência do povo negro:

“Santa Bárbara, mais forte do que as fortalezas e a violência dos furacões, fazei que os raios não me atinjam, os trovões não me assustem e o troar dos canhões não me abalem. Ficai sempre ao meu lado para que possa enfrentar de rosto sereno as tempestades e batalhas de minha vida”.

Talvez te interesse ler também:

Significado das velas – o que representam e como usá-las

São Francisco: o Santo padroeiro dos animais que nos ensina empatia e simplicidade

A Vida Secreta de Jesus. Quem foi Jesus Cristo?

Natal: 31 Curiosidades e Símbolos

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *