Neste chão tudo dá – documentário sobre como produzir em equilíbrio

Um belo documentário este, Neste chão tudo dá, realizado por Felipe Pasini, Ilana Nina e Monica Soffiatti, em 2008, no sul da Bahia.

O chão de que fala o documentário é o nosso, chão brasileiro, e mostra a experiência de recuperação de áreas degradadas com o sistema de deixar que a terra produza em equilíbrio, ou seja, com o sistema de produção agroflorestal.

O iniciador desta experiência é o suíço Ernst Gotsch, que escolheu o Brasil para viver desde a década de 1980. Gotsch veio para cá em 1982, comprou uma fazenda degradada no sul da Bahia em 1984 onde vive e produz. Como o fez? Ajudando a que a floresta recuperasse sua supremacia, espalhando sementes, recuperando a mata nativa. Hoje a sua fazenda é uma área florestal muito equilibrada e altamente produtiva.

A fazenda de Ernest Gotsch era uma terra árida, completamente esgotada pela monocultura. Não era uma terra interessante para o agronegócio portanto, foi bastante barata. Seu nome de então já dizia tudo – era conhecida como Fazenda Fugidos da Terra Seca, 500 hectares de terra esgotada, improdutiva após ciclos infindos de corte de madeiras, monocultivo de mandioca, criação de suínos e pastagens mantidas à base de queimadas freqüentes para espantar os carrapatos e as ervas rústicas.

Hoje a terra se chama Fazenda Olhos D’Água, e foi totalmente recuperada. Produz cação e banana, no seio da Mata Atlântica que se regenerou, recuperou suas águas naturais, 14 nascentes ressurgiram, o equilíbrio entre fauna e flora nativas.

Ernst Gotsch é referência internacional em Sistemas Agroflorestais Sucessionais basicamente tendo desenvolvido este sistema inovador com as experiências de recuperação sucessional da área da sua fazenda baiana.

Para saber mais sobre os trabalhos desenvolvidos por Gotsch, visite este site, o Agenda Gotsch.

Veja a primeira parte do documentário:

e a segunda:

Fonte foto: Youtube