A incrível arte de Banksy nos escombros de Gaza

Banksy nos escombros de Gaza

"Descubra um novo destino este ano". É o convite sarcástico de Banksy para visitar Gaza. Propriamente ao centro do conflito, entre Israel e Palestina, o artista de rua fez um vídeo denúncia que captura algumas de suas obras cercadas pela devastação causada pelas milícias e pelos bombardeios israelenses.

As imagens e os trabalhos que vêm do território afetado pela guerra são devastadores e atingem direto o coração. Começando pelos murais que retratam crianças nos balanços ligados a um posto de controle militar.

Também tem um grande e triste gatinho com uma patinha no ar. No vídeo, um homem local diz:

"Este gato diz ao mundo inteiro que falta alegria na vida. O gato encontrou algo para brincar. E os nossos filhos?".

Entre os edifícios destruídos e a realidade sombria, Banksy pintou um artigo intitulado "Dano da Bomba”, que retrata a deusa grega Niobe encolhida e chorando. É uma homenagem ao tema do massacre dos filhos de Niobe e da dor de mãe, um dos mais elaborados do classicismo.

Se o vídeo começa com Banksy que parece entrar em Gaza através de uma série de túneis subterrâneos, antes de capturar crianças brincando entre montes de entulho em uma área devastada pela guerra, termina, fechando este círculo, com um graffiti ao lado de um edifício destruído onde se lê:

"Se lavarmos nossas mãos sobre o conflito entre os poderosos e os fracos, nós estaremos do lado dos poderosos - não estaremos neutros.”

Leia também: Crianças e redes sociais: iHeart, a arte de rua que faz refletir

Fonte fotos: banksy.co.uk