Ilhas Eólias: em Lipari um projeto para a construção de um túnel subaquático 

Ilhas Eólias projeto para a construção de um túnel subaquático

Um túnel transparente sob o mar na Sicília para ver de perto um esconderijo arqueológico. Estamos falando de Lipari, onde, graças à campanha "Archeoeolie 2014", será possível fazer observações subaquáticas sem alterar o delicado equilíbrio do oceano e seus habitantes. Descubra a história.

A localização é a atual área de Sottomonastero, onde os barcos atracam na ilha.

Para o mergulho não será necessário cilindros de ar comprimido, roupas ou equipamentos especiais. Será possível ver de perto o antigo porto inclusive com os pés enxutos. Os visitantes passarão do continente para as profundezas do mar, através de um túnel transparente cujo acesso se dará direitamente do cais.

"Com as escavações do ano passado, foi possível compreender a dinâmica e o tempo dessa estrutura encimada por algumas bases de coluna, provavelmente recuperadas de alguma estrutura dos templos antigos das proximidades, muito provavelmente para levantar a barreira em frente ao porto e evitar o aumento inexorável do nível do mar", explica a Superintendência do Mar, que acredita que a zona portuária submersa identificada até agora, seja apenas uma "pequena porção de uma área muito maior que pode estar escondida debaixo dos sedimentos, como a recente campanha de pesquisa instrumental possibilitou vislumbrar."

Os túneis serão realizados no âmbito da projetação europeia POR 2014-2020, com a apresentação em primeiro lugar de um estudo de viabilidade "para a criação simultânea de uma prescrita atividade de tutela através da escavação arqueológica subaquática, com um inovador sistema de visita ao museu em condições secas, feitas através de um túnel transparente que terá acesso a partir da superfície."

Um sistema inovador que, de acordo com a Superintendência pode combinar as exigências de proteção do patrimônio cultural subaquático e sua utilização para o benefício da comunidade.

Fonte fotos: regione.sicilia.it

Leia também: Jason Taylor e suas esculturas submarinas