Chá de hibisco: como fazer e para que serve

  • atualizado: 
Chá de hibisco

Quando falamos em chá de hibisco, a maioria das pessoas o associa ao emagrecimento, mas você sabia que ele também tem outras funções para o nosso corpo? Além de ajudar no emagrecimento, o chá de hibisco também é um forte aliado no controle da gordura no fígado, de acordo com estudos. Mas os benefícios do chá de hibisco não param por aqui. Por isso vamos explicar nesse artigo, como fazer, para que serve, bem como dar sugestões de receitas para potencializar seus efeitos.

Para que serve o chá de hibisco?

Serve para emagrecer

O chá de hibisco é extraído do caule do botão seco da flor Hibiscus sabdariffa, a qual é dotada de propriedades naturais benéficas para o organismo humano. Os flavonóides, antioxidantes e ácidos graxos presentes na planta, ajudam a acelerar o metabolismo, favorecendo a queima de gordura.

As propriedades do hibisco são também anti-inflamatórias, que auxiliam a diminuir a retenção de líquidos, facilitam a digestão e regulam o intestino, o que contribui ainda mais para a perda de peso e, consequentemente, a redução de medidas corporais.

Estudos feitos com o extrato da flor de hibisco, mostrou que as pessoas submetidas a ele tiveram redução de peso corporal, de IMC, gordura corporal e redução de volume abdominal.

Outros benefícios

As propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias do chá de hibisco, além de auxiliar no controle da obesidade, também diminuem a quantidade de gordura no fígado, prevenindo doenças como a esteatose hepática, por exemplo.

Os principais benefícios do chá de hibisco são:

  • Reduz o colesterol ruim e aumenta o bom;
  • Beneficia a saúde do fígado;
  • Estimula o sistema imunológico;
  • Anti-inflamatório, antioxidante e antibacteriano;
  • Reduz os sintomas da TPM;
  • Antidepressivo natural;
  • Diminui a pressão arterial;
  • Melhora o funcionamento do intestino;
  • Ajuda na digestão;
  • É diurético e ajuda a desinchar;
  • Acelera o metabolismo e a perda de peso;
  • Diminui a absorção de amido e carboidratos.

Como tomar chá de hibisco para obter os benefícios?

Apesar de todas as informações existentes sobre o chá de hibisco, existe uma forma correta de preparar o chá, bem como o período apropriado para ingeri-lo.

De acordo com a nutricionista Patricia Leite, ao contrário da maioria dos chás, o chá de hibisco deve ser tomado frio e no máximo duas xícaras ao dia, uma pela manhã e outra a tarde. Caso faça uso de algum medicamento, procure não tomar em horários próximos aos dos remédios, pois pode prejudicar a aborção deles. Consulte um médico, atenção à interação medicamentosa.

Se for utilizar o chá de hibisco para a regulação intestinal, a nutricionista recomenda tomá-lo pela manhã, em jejum e gelado. Isso porque, ao tomar qualquer líquido gelado e em jejum, o piloro (glândula entre o estômago e o duodeno) é acordado, ativando a peristalse intestinal, ou seja, os movimentos involuntários do intestino.

Como fazer o chá de hibisco?

Segundo a nutricionista Patricia Leite, ferver as folhas de hibisco é um erro, pois o correto é fazer uma infusão. Para isso, deve-se ferver meio litro de água, desligar o fogo e acrescentar a quantidade recomendada de folhas de hibisco seco, que seria aproximadamente 1 colher de sopa por xícara. Feito isso, cubra o chá com uma tampa, prato ou pires e deixe descansar de 5 minutos a 10 minutos para depois coar.

Para melhorar o sabor do chá, bem como potencializar os efeitos diuréticos, digestivos e antioxidantes, a nutricionista faz algumas sugestões que podem ser incluídas no momento da infusão para liberar as substâncias que vão dar o sabor:

  • Limão - Espremer um pouco de limão para realçar o sabor e deixar a bebida ainda mais refrescante;
  • Morango - Algumas pessoas acrescentam morangos (ou frutas vermelhas) no chá de hibisco quando querem variar o sabor;
  • Gengibre - Para tornar o chá de hibisco mais termogênico, acrescente 2 rodelas de gengibre quando ele estiver em infusão;
  • Canela - Tem um papel muito importante na sensibilização da insulina, ideal para diabéticos e pré-diabéticos. Adicione dois pauzinhos de canela na infusão junto às folhas de hibisco;
  • Cavalinha - Para potencializar o efeito diurético do chá de hibisco, acrescente folhas de cavalinha secas, pois ela também tem ação diurética e ajuda a eliminar mais líquidos.

O ideal é tomar o chá no mesmo dia em que ele é feito, pois se passar muito tempo, as propriedades, vitaminas e minerais serão perdidas. Além disso, para obter os benefícios do chá de hibisco é necessário combiná-lo com uma alimentação equilibrada e a prática de atividades físicas, pois sozinho ele não fará o efeito esperado.

Contraindicação

Assim como a maioria dos chás, a única contraindicação do chá de hibisco é para mulheres grávidas e lactantes, pois ele interfere na questão hormonal, em especial na produção de estrogênio. Além disso, caso tenha algum problema de saúde, ou faça uso de qualquer tipo de medicamento, converse com seu médico ou nutricionista para saber se pode ou não ingeri-lo.

Cada organismo reage de maneira diferente e, assim como qualquer alimento, se exagerar na quantidade pode haver complicações. Por isso, não substitua a água por ele, limite-se à quantidade recomendada pela nutricionista (2 xícaras por dia) e aproveite os benefícios desse chá!

Talvez te interesse ler também:

CHÁ DE CANELA AJUDA A PERDER PESO! BENEFÍCIOS E RECEITA

CHÁ DE ALCACHOFRA: BENEFÍCIOS, CONTRAINDICAÇÕES E COMO FAZER

CARQUEJA: TODOS OS BENEFÍCIOS E COMO FAZER O CHÁ

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!