Macela → Calmante, Antisséptica, Digestiva e Antioxidante

  • atualizado: 
Macela

A macela, Achyrocline satureioides, é uma planta da brasileira de amplo uso medicinal e cosmético que nascia abundante nos campos e restingas litorâneas. Ultimamente tem andado meio sumida pois não resiste ao avanço de ruas e construções, entulhos e lixos jogados por aqui e por ali.

Esta plantinha cheirosa, de flores peludas, amarelinhas, também é conhecida pelos nomes de macelinha, marcela, macela-de-travesseiro ou carrapichinho-de-agulha. Sempre foi considerada uma erva daninha por aqueles que gostam de um gramado homogêneo e, muito boa amiga, para aqueles que lhe conhecem os benefícios para a saúde.

Macela não se come, que eu saiba, mas se usa em chá, sachês para os armários, travesseiro de ervas, bonecas de pano e até colchões, sempre se buscando seus efeitos calmantes que vêm do seu óleo aromático intenso porém suave, que não causa alergias.

macela copiar

Fonte foto

Mas, a macela não era, até agora, cultivada comercialmente o que dificultou seu uso mais extenso na atualidade. Porém, uma variedade de macela, pesquisada na Unicamp, no Centro de Pesquisas Químicas Biológicas e Agrícolas, por Ilio Montanari Junior, foi licenciada para produção e fornecimento aos agricultores interessados.

macela montanari

Foto - Ilio Montanari Junior no campo de macela para pesquisa

Com o licenciamento desta variedade poderão ser produzidos medicamentos e cosméticos com essa planta sem depender do extrativismo depredatório ou atrapalhar a colheita da Karfreitachstee, como é conhecida a macela pelos descendentes de alemães dos estados do sul. O nome em alemão tem uma explicação - quer dizer Kar=santo, Freitach=sexta-feira (corruptela de Freitag) e Tee=chá, ou seja, Chá da Sexta-feira Santa, uma tradição lá deles com a camomila, planta bastante parecida à nossa macela.

Flores da macela, para quê se usam?

Da macela se usam as inflorescências para chás caseiros e enchimento de travesseiros e seu efeito é relaxante (tanto para quem toma o chá, como para quem dorme em um travesseiro, colchão ou com uma boneca de macela).

Dependendo da dose que se usa em extrato de macela o efeito poderá ser sedativo bastante acentuado, amenizando cólicas menstruais e dores de parto.

E das folhas, que uso podemos fazer?

Com as folhas e ramos faz-se um chá amargo, muito digestivo e indicado em casos de diarreia.

O seu extrato seco foi estudado na UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, pela pesquisadora Valquíria Linck Bassani, em tratamentos para herpes (Herpes simplex ou HSV1).

Na pele, o bem que a macela faz

em xampu, a macela tem efeito clareador, iluminador e fortalecedor dos cabelos

em tônico capilar tem ação anti-inflamatória e calmante

em cremes para a pele tem ação antioxidante

As indicações de uso curativo da macela foram objeto de uma revisão de literatura feita por quatro pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) sobre plantas medicinais e aromáticas: L. E. S. Barata, A. A. J. Alencar e M. Tascone, do Instituto de Química, e J. Tamashiro, do Instituto de Biologia.

macela 2

Fonte foto

Então, macela para todos! Que bom!

Leia nossos artigos selecionados sobre a camomila, planta muito parecida com a macela em todos seus usos:

setaCAMOMILA: PROPRIEDADES, USOS E CONTRAINDICAÇÕES

setaCAMOMILA: 10 BENEFÍCIOS COMPROVADOS CIENTIFICAMENTE

setaCHÁ DE CAMOMILA, UM CONCENTRADO DE SAÚDE!

setaXAMPU DE CAMOMILA: É NATURAL E FÁCIL DA FAZER EM CASA