Aroeira-branca: eficaz no tratamento de infecções fúngicas, bronquite e outras doenças

  • atualizado: 
Aroeira branca

Algumas plantas diferentes são chamadas de aroeira. É o caso desta, a Lithraea molleoides (ou Schinus molleoides) que também é conhecida por bugreiro, aroeira-branca ou aroeira-brava, nativa do sul brasileiro.

E, como muitas outras das nossas plantas nativas, a aroeira-branca é medicinal. Para identificar bem esta planta veja as fotos deste site com a planta inteira, detalhes das folhas, casca e frutos.

A aroeira-branca, bugreiro ou aroeira-brava, é nativa do Brasil e do Uruguai. Esta planta é bastante frequente em arborização urbana, projetos de paisagismo e também nos campos sulistas. É, no entanto, uma planta tóxica cuja seiva, que contêm urushiol, pode produzir, em pessoas sensíveis, urticárias bastante sérias e processos dermáticos inflamatórios. Em alguns casos mais graves, a alergia produzida pelo contato com a aroeira-branca pode produzir pápulas, feridas e edema de glote.

Usos medicinais da aroeira-branca

Os frutos da aroeira-branca são usados como xarope e toda a planta é medicinal tendo propriedades adstringentes, balsâmicas, diuréticas, emenagoga, purgativa, estomáquica, tônica e vulnerária.

O uso da aroeira-branca para o tratamento de infecções fúngicas também foi objeto de estudo e concluiu-se que o óleo essencial desta planta tem acentuada ação antifúngica específica para fitopatógenos do tipo Alternaria spp., Botrytis spp., Colletotrichum spp. e Fusarium spp. o que permite seu uso no controle sanitário de áreas vegetais contaminadas. Paralelamente a este fato, na medicina popular a aroeira-branca é usada em tratamentos antifúngicos em humanos e animais.

aroreira branca

Também é usado o seu extrato alcoólico, a decocção e infusão das folhas e casca, em tratamentos contra a tosse, bronquite, doenças do sistema digestivo, problemas de retenção hídrica.

Outros usos são indicados para o sistema nervoso já que a aroeira-branca contêm princípios calmantes e relaxantes.

Estudos demonstraram que esta planta tem uma forte atividade bacteriana, antiviral, citotóxica e imunomoduladora ou seja, que pode ser usada para tratar alguns tipos de câncer, processos infecciosos, virais e do sistema imunológico.

Um estudo demonstrou sua eficácia no tratamento de carcinoma hepatocelular humano e está sendo avaliado o seu efeito citotóxico em células humanas de outros tipos de tumores cancerígenos.

A medicina popular indica o chá de casca da aroeira-branca, 3 vezes ao dia, para tratar o câncer de mama.

Há aroeiras pelo Brasil todo, em todos os biomas mas, são espécies diferentes. Em cada região essa planta tem seus usos medicinais. Nós não conhecemos todos esses usos, são regionais e suas informações, são passadas de boca a boca.

No GreenMe Brasil já falamos da aroeira-mansa, hoje tratamos aqui da aroeira-branca e deixo este vídeo que amplia ainda mais o conhecimento sobre a aroeira e a importância que tem essa planta aqui no no nosso país.

Especialmente indicado para você:

setaAROEIRA - PLANTA MEDICINAL, COSMÉTICA E CULINÁRIA

setaAROEIRA - COMO FAZER E USAR CHÁ, BANHO E SABONETE