Castanha de caju: benefícios e como usar na cozinha

Caju

Talvez seja difícil encontrar algo mais saboroso do que uma castanha de caju. E, embora muita gente não saiba, o que normalmente temos como “castanha de caju” é o que representa o fruto do cajueiro, e não o caju em si, que é apenas um pseudofruto. Veremos aqui sobre o caju: benefícios, para que serve e como usar na cozinha.

Benefícios da castanha de caju

As castanhas de caju são capazes de trazer diversos benefícios para a saúde. São ricas em minerais e calorias, favorecendo toda a atividade do corpo:

Reduz o ganho de peso

Ao contrário do que o conhecimento popular pensa, comer castanhas de caju auxilia definitivamente na redução de riscos de ganho de peso. Uma pesquisa da publicação Obesity mostrou que pessoas que consomem castanha de caju ao menos duas vezes por semana estão menos propensas a ganharem peso.

Benefícios para os ossos

Graças ao magnésio encontrado nas castanhas de caju, seu consumo favorece e auxilia a estrutura dos ossos em colaboração com o cálcio.

Relaxa e acalma

O magnésio presente na castanha de caju também é comprovadamente auxiliar no relaxamento dos nervos.

As castanhas de caju também são ricas em cobre, mineral essencial em diversos processos fisiológicos do corpo. Auxilia na produção da pigmentação dos cabelos e pele, elimina os radicais livres do organismo e ajuda a desenvolver os ossos, por exemplo. São também consideradas antidepressivos naturais.

Como usar a castanha de caju na cozinha

Para consumir a castanha de caju, de qualquer forma que seja, é importante primeiramente prestar atenção a alguns fatores na hora de sua aquisição. Como nem sempre é possível conhecer a procedência ou mesmo o tipo de tratamento dado aos cajus na hora da produção de seus frutos, há alguns detalhes que podemos nos atentar para nos certificarmos que as castanhas torradas são novas e boas para consumo:

Coloração com tonalidade mais próxima ao branco ou a cor creme
• Verifique se não há rachaduras ou mofos
• Certifique-se de que não há cheiro ruim ou rançoso

Após adquiridas, as castanhas de caju devem ser guardadas em recipiente tampado, preferencialmente dentro da geladeira para que não ganhem mau cheiro. Estando certo de que o caju está em condições ideais para o consumo, podemos usá-lo para diversos fins culinários (ou mesmo para ingestão direta).

A castanha de caju na cozinha

caju cozinha

 

Arroz integral com castanhas de caju

Basta preparar o arroz normalmente e para incrementar seu sabor, mas também seus nutrientes, acrescente ao final a castanha de caju cortada em pequenos pedaços, equivalentes a um terço da castanha. Misture ao arroz pronto e sirva.

Sorvete natural de polpa de caju com suas castanhas

Corte um caju em cubos, bata no liquidificador com 30g de castanha de caju. Coloque em recipiente adequado e bote para congelar. Após algumas horas, basta aproveitar este delicioso sorvete natural.

Diversos usos

No geral, as castanhas de caju são ótimos acompanhamentos para qualquer situação.

1. Podem ser utilizadas como petiscos, inseridas - inteiras ou picadas - dentro de bolospães, biscoitos caseiros ou para incrementar saladas.

2. Podem ser usadas como substitutas de pinoles (em caso de molhos pesto), e porque não na nutella feita em casa?

3. Também é possível fazer o leite de castanha de caju:

Coloque uma xícara de castanhas de caju de molho por 8 horas cobertas por água (dois dedos). Escorra, lave e bata no liquidificador por um minuto com 3 copos e 1/2, americanos, de água. Coe em uma peneira fina e conserve na geladeira por até dias conservado em recipiente de vidro. Pode substituir o leite de vaca em qualquer receita. 

Com os resíduos formados, dá para fazer bolos, biscoitos, hambúrgueres e bolinhos. Mas dá também para serem usados como patês, apenas levando um pouquinho de tempero, azeite, sal, limão, os de tua preferência. Veja aqui um vídeo que ensina tudo.

Observações gerais sobre caju e sua castanha

A medicina tem observado casos recorrentes de possível alergia à castanha de caju em muitas crianças. Caso perceba alguma reação alérgica à castanha do caju, cesse seu consumo imediatamente e procure por orientação de um médico. No mais, seu consumo é permitido quando se sabe não ter alergia à castanha. Em todo caso, somente um médico ou profissional de saúde alimentar será capaz de recomendar a dieta ideal para cada pessoa, portanto, a adoção deliberada de ingestão unicamente de castanha de caju deve ser totalmente evitada.

Especialmente indicado para você:

seta10 ALIMENTOS QUE DEVERÍAMOS COMER TODOS OS DIAS

setaALIMENTOS DA ESTAÇÃO: DEZEMBRO DE NOZES, PISTACHES, CASTANHAS E MUITO MAIS

setaLEITE DE CASTANHA: BENEFÍCIOS E COMO FAZER EM CASA