Amor ioiô: o vai e vem não vale a pena!

  • atualizado: 
Amor ioiô

Existem casais que vivem indo e voltando, juntando e separando, um vai e vem sem fim! Neste tipo de relação os casais não conseguem deixar de separar e de voltar várias vezes. Por que será que isto acontece?

Baseado nas explicações da psicoterapeuta Adele Fabrizi, do Instituto de Sexologia Clínica em Roma, saibam as razões do porquê muitos casais vão e vêm:

Medo de solidão

A maioria das pessoas tem medo da solidão e de lidar sozinhas com as dificuldades da vida. Preferem não enfrentar os problemas de frente porque escapar deles, fingindo não vê-los, é bem mais fácil.

E na vida de casado isto não é exceção.

É cômodo empurrar com a barriga em vez de se colocar em discussão porque, muito raramente, a "culpa" pelos problemas é só de um dos cônjuges. Por isso, ambos precisam rever seus erros e acertos dentro da relação.

Em meio à primeira dificuldade que aparece no relacionamento, é mais fácil dizer "vamos nos separar" do que arregaçar as mangas para mudar o que precisa ser mudado entre o casal, e reinventar a relação.

Conveniência

Alguns têm dificuldades objetivas e até justificáveis de não se separarem do parceiro, já outras podem fazer isso por conveniência e comodismo: para não abrir mão da casa onde mora e dos bens que possui com o parceiro, por exemplo.

Nem tudo é perfeito

O casal se ama, tem afinidade, compartilha os mesmos valores, mas nem tudo é perfeito, falta entendimento sexual e então um deles decide deixar a relação, mas depois sente a falta do outro e os dois resolvem reatar na esperança de poder melhorar a relação.

amor ioio 2

Quando é necessária a separação definitiva?

Quem mais sofre com o relacionamento "ioiô", no qual o casal fica no "vai e vem", de certo, é o cônjuge mais envolvido na relação (o mais apaixonado entre os dois). A pessoa, por amor, suporta esse vai e vem que, ao final, faz mais mal que bem.

Reflita

Relacionamentos assim podem se tornar um verdadeiro vício e relação de codependência, principalmente quando envolve pessoas frágeis e carentes que acreditam ter pouca chance de sobrevivência fora do casamento.

Nestes casos, não faz sentido tentar de novo, sem modificar nada e continuar no mesmo círculo vicioso. Talvez seja o momento de recorrer à uma terapia de casal com um psicólogo. Este profissional, se competente, pode "salvar vidas" porque pode ajudar a esclarecer os motivos pelos quais o vai e vem não tem fim. É preciso saber pesar na balança os prós e os contras da relação e, principalmente, entender, lá dentro, a própria motivação de estar junto (seria comodidade, medo da solidão ou amor mesmo?).

Além do mais, quando o relacionamento fica muito no vai e vem, acaba se desgastando e dando brecha para a entrada de uma nova pessoa, o que dará o impulso para uma provável separação definitiva entre o casal.

Uma distância saudável é melhor que uma relação doentia!

O verdadeiro amor não complica, simplifica!

Talvez te interesse ler também:

5 SINAIS DE QUE VOCÊ NÃO ESTÁ MAIS FELIZ NO RELACIONAMENTO

ERROS A EVITAR E ESTRATÉGIAS A APLICAR PARA ENFRENTAR UMA SEPARAÇÃO DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL

ILUSTRAÇÕES REPRESENTAM MOMENTOS DA VIDA DE UM CASAL APAIXONADO

O MODO DE ABRAÇAR REVELA OS SEGREDOS DO CASAL

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!